Amigos do Meta - O Magic está Saudável Novamente?

A análise dessa semana do Metagame dos Challanges revela que muitos formatos estão diversificados, estaria o Magic saudável e divertido de se jogar novamente?

• Por Humberto • 30/11/20

Olá jogadores e jogadoras ! O Martinez está um pouco atarefado hoje, portanto estou assumindo o comando da nave Amigos do Meta na ausência dele e atualizando vocês quanto aos resultados dos Challanges dessa semana ! [center](Standard Challange) Começamos nossa análise pelo Standard, onde o Challange de Sábado, dia 28/11, foi definido por: 3 Dimir Control 2 Gruul Aggro 2 Mono Green Food 1 Mono Red Aggro O grande destaque dessa semana deu-se ao Dimir Control, que utiliza a classica formula dos decks Control de diversos efeitos de Card Advantage junto á ameaças difíceis de remover como [card](Shark Typhoon) e [card](Lochmere Serpent) [deck](70665) Já no Domingo, 29/11, o Top 8 foi definido por: 2 Dimir Control 2 Gruul Adventures 1 Mono White Aggro 1 Mono Green Food 1 Mardu Doom 1 Dimir Rogues Novamente, o Dimir Control se destaca ao se equiparar ao Gruul Adventures e colocar duas cópias no Top 8, utilizando uma lista essencialmente diferente da lista de Sábado, mais focada em utilizar [card](Ugin, the Spirit Dragon) como wincondition e meio para se estabilizar, já que o Planeswalker ainda é o card de Late-Game absoluto no formato. [deck](70882) Apesar do crescimento do Temur Ramp no Metagame, os Challanges tiveram uma completa ausência do arquétipo no Top 8 de ambos os eventos, o que significa que talvez os decks já estejam se adaptando ao arquétipo. [center](Pioneer Challange) O Top 8 do Pioneer Challange de Sábado, dia 28/11, foi composto de 2 Boros Burn 2 Niv to Light 1 Mono Red Aggro 1 Sultai Reclamation 1 Four-Color Omnath 1 Mono-Black Aggro O Challange foi levado pelo jogador ShowTime_ , com uma lista de Mono Red que mais lembra as versões de Mono Red Prowess encontradas no Modern: [deck](70914) A exclusão do splash branco para [card](Lurrus of the Dream-Den) permite ao deck ter uma manabase que possa suportar utilizar [card](Ramunap Ruins) como uma forma de obter mais alcance, além de incluir uma ameaça difícil de remover para o Burn na forma de [card](Bonecrusher Giant). Outra lista que se destacou aos meus olhos foi o 4-Color Omnath pilotado pelo jogador Rav104, utilizando-se de dois [card](Part The Waterveil), tentando reproduzir o que algumas listas do arquétipos do Modern tentam fazer com [card](Time Warp) [deck](70919) Já no Domingo, os seguintes decks estiveram presentes no Top 8: 3 All Spells 1 Big Red 1 Jeskai Lukka 1 UW Yorion 1 Esper Control 1 Niv to Light O grande destaque do evento e do fim de semana fica por parte da lista de Big Red utilizada pelo jogador gottelicious, que tenta acelerar o máximo de mana possível para fazer bombas como [card](Ugin, the Spirit Dragon) o quanto antes, enquanto mantém um ótimo plano de fair-game com cards como [card](Bonecrusher Giant) e [card](Thought-Knot Seer). [deck](70726) O All Spells, por sua vez, continua a crescer no Metagame do Pioneer, e é provável que precise ser ainda mais respeitado nos próximos eventos do formato. [deck](70727) [center](Modern Challange) No dia 28/11, os seguintes decks fizeram Top 8 no Modern Challange: 1 Mono-Red Aggro 1 GW Titan 1 Eldrazi Tron 1 Hardened Scales 1 Heliod Company 1 UW Control 1 Ad Nauseam 1 All Spells Ao todo, foram oito decks diferentes compondo o Metagame, o que representa o sinal de um formato extremamente diversificado e saudável, um ponto extremamente positivo pra um formato que teve momentos conturbados nos últimos anos como foi o caso do Modern. Aqui destaco o jogador Tweedel, que não só ficou em primeiro neste Challange com seu Mono Red Aggro, como repetiu a dose no dia seguinte com praticamente a mesma lista: [deck](70790) No Domingo, 29/11, o Top 8 foi composto de: 1 Mono Red Aggro 1 UB Mill 1 Esper Mentor 1 Eldrazi Tron 1 Rakdos Midrange 1 UR Twinless Twin 1 All Spells 1 Amulet Titan Novamente, outro Top 8 extremamente diversificado no formato, incluindo opções que não são totalmente populares no formato como UB Mill, Esper Mentor e Twinless Twin. Aqui, preciso ressaltar a lista de Esper Mentor, que ficou em terceiro lugar ao seu pilotada pelo jogador daibloXSC. [deck](70980) Sinceramente, depois de alguns anos sendo um formato que parecia passar por alguns problemas crônicos, o Modern nunca pareceu tão divertido de se jogar novamente. [center](Pauper Challange) O Pauper Challange de Sábado foi composto dos seguintes decks: 2 Fog Tron 1 Jeskai Affinity 1 Mardu Monarch 1 UB Control 1 Skred Faeries 1 Dimir Delver 1 Mono Blue Delver Primeiramente, destaco o fato de que [card](Fall From Favor) foi o quarto card mais jogado do torneio, com um total de 39 copias no Top 32. E é óbvio que isso aconteceria, já que o card é extremamente eficiente de se utilizar, especialmente em decks onde você tende a conseguir se manter na frente com frequência, como Faeries, Delver e Affinity. Eu mesmo tenho utilizado cópias do card no meu Jeskai Affinity, e meu real arrependimento é não ter colocado mais delas nas minhas 76 cartas porque o card é absurdamente bom no arquétipo. E, pelo visto, o jogador brasileiro Hamuda teve exatamente a mesma conclusão e levou o evento com sua lista de Jeskai Affinity. [deck](70758) Não só Hamuda ficou em primeiro lugar no evento, como levou a mesma lista pro dia seguinte e ficou em primeiro lugar em ambos os eventos do fim de semana ! É claro que o Affinity é um deck que sofre com alguma facilidade contra muitos slots de hates dedicados, mas a flexibilidade do deck entre jogar de maneira agressiva enquanto pode acumular valor constante com Fall From Favor ou interações de [card](Kor Skyfisher) é algo que precisa ser respeitado. Já quanto aos decks de Domingo, 29/11, tivemos os seguintes arquétipos: 2 Fog Tron 2 Mardu Monarch 1 Jeskai Affinity 1 Mono Blue Faeries 1 Bogles 1 Orzhov Monarch Preciso ressaltar que uma das listas de Mardu Monarch do jogador _Batutinha_ está utilizando um splash azul para [card](Fall From Favor) : [deck](70950) Mas o destaque de Domingo fica por parte do Orzhov Monarch do jogador Ravager.pe, que me parece um bom Meta Call para um formato que está começando a se voltar para um uso mais frequente do encantamento azul e de criaturas pequenas para se manter à frente na mesa. [deck](70952) Apesar de um aumento significativo de [card](Fall From Favor) no Pauper, que já se encontra entre um dos cards mais jogados do formato, este resultado já era esperado desde o spoiler da carta e teremos de esperar para ver se isso se tornará um problema no longo prazo ou se o formato consegue se adaptar. [center](Legacy Challange) Por fim, o Legacy Challange deste fim de semana também demonstrou diversidade. No Sábado, o Top 8 foi composto de: 1 Mono-Green Post 1 Dredge 1 Temur Painter 1 Eldrazi and Taxes 1 Dimir Death's Shadow 1 Lands 1 Hogaak 1 Yorion and Taxes Há tantas listas fora do que costuma se ver no topo do Metagame nesse Challange que não faço ideia de qual lista deveria dar maior ênfase, mas estou optando pela lista de Death's Shadow pois faz algum tempo que não vemos o arquétipo e ele sempre demonstra potencial num formato como o Legacy [deck](70826) Já no Domingo, o Top 8 foi composto de: 2 Mono Blue Echoes 1 Naya Yorion 1 Sultai Ninjas 1 Mono-Green Couldpost 1 Four-Color Snow 1 Storm 1 All Spells Aqui destaco o Mono Blue Echoes, que conseguiu duas posições no Top 8 e ganhou uma adição significativa na forma de [card](Hullbreacher) que permite ao deck acelerar seu plano de jogo de maneira significativa ao tornar qualquer [card](Brainstorm) do oponente quase que numa [card](Black Lotus) para você. [deck](71010) Um outro deck que também apareceu neste Challange foi o All Spells, que basicamente surgiu em todos os formatos onde era permitido e parece cada vez mais uma opção boa de investimento, caso você queira jogar diversos formatos com um único arquétipo. [deck](71016) [center](Conclusão) E assim encerro o review do Top 8 dos Challanges dessa semana, com o sentimento de que o Magic parece saudável e diversificado de novo na maioria dos formatos. O arquétipo notório deste fim de semana foi o All Spells, que apareceu em todos os formatos onde [card](Undercity Informer) é permitido e tem crescido no Magic como um arquétipo próprio que ganha cada vez mais espaço. Enquanto a versão do Pioneer parece ainda estar tentando se encontrar e achar a melhor lista, as versões do Modern e Legacy já parecem estar bem definidas e tem conquistado seu espaço no Metagame destes formatos de maneira significativa, o que significa que o arquétipo é seguro de se investir, mas que qualquer erro por parte da Wizards e a printagem de determinados cards como, por exemplo, uma variante de [card](Dread Return) daqui adiante podem simplesmente puxa-lo de um "bom deck no metagame" para um deck quebrado. O tempo dirá.

Compartilhe:

Nota

0

metagame competitivo
Profile Main Image

Humberto

Organizador de eventos do Rio de Janeiro, como o Pauper Masters e o Pioneeiros e produtor de conteúdo nas horas vagas . Joga praticamente qualquer formato em que seja possível montar um deck.

Social Facebook brands iconInstagram Brands icon

User profile image
More comment
Metagame da Semana: Kaldheim está logo ali

Metagame da Semana: Kaldheim está logo ali

Entrevista com o Campeão - ft Pedro Paulo

Entrevista com o Campeão - ft Pedro Paulo

Centurion Commander, um formato levemente diferente para 1x1

Centurion Commander, um formato levemente diferente para 1x1

Mais artigos recentes

Mesmo autor

Metagame da Semana: Kaldheim está logo ali

Metagame da Semana: Kaldheim está logo ali

BOOM Studios anuncia nova HQ de Magic: The Gathering !

BOOM Studios anuncia nova HQ de Magic: The Gathering !

Sideboard Guide  Pioneer - Boros Burn - parte 2

Sideboard Guide Pioneer - Boros Burn - parte 2

Mais do mesmo autor