Começando no Commander:  Bruna, Luz do Bando Alabastro como deck de entrada

Magic: the Gathering

Multiplayer

Começando no Commander: Bruna, Luz do Bando Alabastro como deck de entrada

Vamos conhecer um deck que é uma excelente opção de entrada para o Commander.

By Eduardo, 05/13/21

Salve, galera! Hoje trago uma comandante apreciada por muitos:

Bruna, Luz do Bando Alabastro

. Essa carta é uma excelente opção de entrada para o Commander. Uma das melhores experiências do Magic é apresentar o jogo aos amigos, ensinar, aprender e ter bons momentos, no entanto, um dos maiores entraves na permanência de novos jogadores é o investimento inicial no hobby.
Por mais que tenham um excelente custo beneficio, as novas opções de baralhos de Commander ainda estão fora do alcance de uma boa parcela da população. Tendo isso em mente testamos opções budget, ou seja, baratas para entrada no formato. Para nossa alegria diversos comandantes estão tendo bons resultados nos mesões, sendo "Bruna" uma das favoritas em listas com valores menores que R$ 50,00. O baralho inicial construído  com essa comandante, chamaremos de deck, custava menos de R$ 20,00, mas dado sua simplicidade excessiva apresentava inconsistências, então visando melhores resultados e mais diversão, foi refinada para a lista que vamos apresentar hoje.

Ad

Partindo do princípio que o comandante é o determinante na construção dos baralhos, Bruna é uma escolha versátil podendo ser a figura central em decks agressivos ou defensivos, sejam eles de STAX, baralhos que são centrados em controlar o estado da partida impedindo o desenvolvimento dos oponentes, ou o Voltron, que foi nossa escolha para este deck, onde temos o objetivo de transformar nosso comandante em uma máquina destruidora e vencer reduzindo os oponentes a 0 pontos de vida.
Loading icon
Podemos definir a construção de um baralho em alguns eixos centrais, sendo eles aceleradores, vantagem em cartas, remoções e opções estratégicas ou pessoais. Nossa opção foi por aceleradores dinâmicos de baixo custo de mana. Nossa comandante tem um custo de mana igual a 6, por isso precisamos alcançar uma quantidade expressiva de mana o mais rápido possível para pressionar os oponentes e garantir a proteção dela antes que os demais jogadores estabilizem seu campo de batalha. A utilização de criaturas geradoras de mana tem sua utilidade, pois antes de entrarmos com nossa comandante elas podem e serão alvos de nossos encantamentos representando ameaças ou defesas inesperadas. De forma semelhante às pedras de mana cumprem funções utilitárias além de gerar mana, em um formato singleton, ou seja, onde só podemos usar uma cópia de cada carta versatilidade é regra.
Garantimos nossa vantagem em cartas através da compra direta e o descarte para reaproveitamento de recursos, a habilidade única da comandante de anexar auras do cemitério, além daquelas que estão em nossa mão tornam a  pilha de descarte uma extensão da mão, sendo assim efeitos de descarte são positivos e permitem uma seleção interessante de cartas. De forma semelhante, auras que desencadeiam compras ao serem utilizadas ou ainda auras que vão para o cemitério após o uso também são opções viáveis, trazendo muita consistência e um ritmo ao jogo.
Além de remoções pontuais na forma de forma direta, escolhemos opções políticas, dando vantagem aos oponentes e garantindo a nossa proteção contra ataques, ou ainda garantindo outras vantagens ao longo do jogo, e tomando os encantamentos para nossa única vantagem através de nossa comandante. Diversas das auras escolhidas funcionam como anulações, ou seja, como mágicas instantâneas que impedem mágicas ou habilidades dos oponentes de serem executadas ou ainda tornando seus alvos inválidos, impedindo seu funcionamento.
Dentro de nossa escolha estratégica, está o uso de encantamentos do tipo aura para todas as funções: proteção, ganho de vida, estabilização do estado do jogo, evasão, ampliação das habilidades das criaturas, geração de fichas para ataque ou defesa. Auras que, embora desqualificadas por muitos, estão entre os mais versáteis e poderosos encantamentos do jogo. Buscar sempre por habilidades únicas e cartas alternativas são parte da essência do Commander: criatividade e diversidade. Obrigado pela leitura e bons jogos! Qualquer dúvida, estou à disposição nos comentários!

Grade

0

Profile Main Image

Eduardo

Artista Visual e Mediador de Arte, apaixonado por Magic desde o lançamento de Miragem, construtor de decks alternativos.

Social Instagram Brands iconTwitter Brands icon

User profile image
More comment
How venture into Dungeons work, new Forgotten Realms mechanic

How venture into Dungeons work, new Forgotten Realms mechanic

Weekly Metagame: New Modern Innovations, a broken Pauper & Legacy stabilizing

Weekly Metagame: New Modern Innovations, a broken Pauper & Legacy stabilizing

Instant Chat - Thoralf, Magic and the LGBT+ community

Instant Chat - Thoralf, Magic and the LGBT+ community

More recent articles

Same Author

Starting in Commander: Hallar, the Firefletcher

Starting in Commander: Hallar, the Firefletcher

More from same author

Your privacy

We use cookies to ensure the functionality of our website, to personalize content and advertising, to provide social media features, and to analyze our traffic. Find out more about cookies reading our Privacy Policy