Entrevistando Kidsliver: vencedor do Pauper Royale e jogador do Monarchs

Hoje trouxemos kidsliver para uma entrevista, jogador do time Monarchs que ficou em primeiro lugar no último Pauper Royale com o deck Mono White Heroic

Por Leon, 16/01/21

Kidsliver aproveitou a oportunidade do Pauper Royale, um torneio gratuito com premiação. Apesar do torneio gratuito, levou para casa 3 créditos na CardHoarder e 20 reais na Myp Cards. Não é a primeira vez que vemos fazendo resultados, então resolvemos entrevistá-lo.
O deck do campeão
Loading icon
A entrevista

(1) Kidsliver, mas não jogou de Sliver (Fractius em inglês), e sim de Mono White Heroic. Então primeiro vamos focar no seu nome, por que Sliver? Tem ligação com o Magic?

Ad

Bom, primeiramente gostaria de me apresentar: saudações jogadores e jogadoras de MTG, eu sou Marcos também conhecido como Kidsliver. Meu pet deck é o Naya Fractius e jogo de Fractius há 3 anos e por muito tempo jogar somente com esse deck um amigo me deu o apelido de “KidFractius”, levou um tempo mas acabei curtindo o apelido então só deixei em inglês pra soar mais competitivamente profissional: Kidsliver!

(2) Sabemos que é do time do Monarchs, como é fazer parte do time?

Pra mim é uma satisfação muito grande fazer parte de uma equipe, pois embora numa partida seja um contra um, você não é obrigado a evoluir como jogador sozinho, fica mais fácil dentro de um time onde você pode experimentar pontos de vista diferentes do seu que poderão complementar seu desempenho. Então poder fazer parte desse time de feras há uns 2 anos aproximadamente é a melhor coisa que já me aconteceu nesse jogo maravilhoso!

(3) E no dia da sua vitória teve a surpresa do Fall from Favor sendo banida. Isso afetou sua escolha pelo Mono white Heroic? Como acha que o meta do Pauper vai se encaminhar agora?

Então

Fall from Favor

potencializou os decks UX no pauper e o Heróico é uma escolha ótima para enfrentar os decks Ux devido principalmente as proteções que o deck oferece aliado a um grande número de drops 1 permitindo com 2 terrenos em jogo fazer 2 spells por turno. Então eu já vinha tendo um ótimo desempenho contra

Fall from Favor

. Bom como

Fall from Favor

fez o Tron literalmente cair de desgraça com o aumento da popularidade dos decks UX (de novo!) então podemos ter sim o retorno do deck amado por poucos e odiado por muitos. Ao mesmo tempo junto com

Fall from Favor

, Commander Legends nos trouxe os Cascades Dino e Pirata que ascenderam rápido no formato aparecendo em peso nos torneios do circuito free, nas ligas e nos Challenges inclusive na versão Ponza cuja build permite se transformar num barreiras que foi em 2020 uma das piores matches pro Tron, então só o tempo dirá como será o pauper daqui pra frente pois temos que aguardar o meta estabilizar após esse ban que já era esperado!

(4) Quais são as partidas mais difíceis e mais fácies para o Mono-White Heroic?

Como jogo bastante de Heroico desde Agosto de 2020, posso dizer que o deck tem problemas para enfrentar:

Tron

- por não ter um plano B de Win-Condition;

Walls

- caso não venha

Deftblade Elite

na mão inicial mesmo mulligando;

Decks de Land destruction

- pois o Heroic é um dos TOP 3 decks que melhor ganham matchs controlando apenas 1 terreno, TOP 3 esse formado por Elfos Heroic e Burn. Então um deck de LD que venha com no mínimo 2 deles na mão tem chances significativas de vencer o game já no Early Game.

BW Pestilence

e outros decks com muitas remoções principalmente éditos que nas listas mais competitivas usam uns 5 deles. Por fim Heróico também sofre para decks brancos pois sem

Benevolent Blessing

, os blockers se tornam quase infinitos.
Por outro lado Heroico é bom contra decks mono-coloridos ou com poucas remoções sendo de uma única cor, então costuma dar bom jogar contra Ux, Affinity, Stompy, Elfos, Burn e Red Deck Wins por exemplo.

(5) Você constamente joga os Royales, eventos gratuitos. Qual a grande diferença entre eles e os challenges no MTGO?

Eu nunca joguei Challenges e ligas jogo de vez em quando pois não sou Grinder, mas a diferença é que nos torneios free você tem mais deck rogues como Mono Black Zombies e decks ex-meta como UW Tribe participando devido a ter um custo baixo pra entrar, permitindo que você jogue apenas por diversão. Enquanto isso, nos torneios pagos você tem mais decks meta e decks que ganham dos decks meta como Ux e Boros então o nível de competitividade acaba sendo bem maior.

Ad

(6) Algum recado que gostaria de deixar?

Gostaria de agradecer à Cards Realm por organizar esses torneios incríveis que nos permitem continuar jogando nosso amado MTG independente do formato, fora os demais conteúdo como artigos e análise de meta e também agradecer o apoio que vocês dão a nos jogadores e aos times. Vou aproveitar para dizer que nós os Monarchs podemos ser encontrados no Youtube pelo nome MonarchsMTG e no Twitter e Instagran através do @MonarchsMTG, cada mídia social com um conteúdo X sendo X o mais apropriado para aquela que o jogador alvo está acessando!

Nota

0

pauper royale
Profile Main Image

Leon

Programador do site da Cards Realm. O Magic vai muito além das cartas. Somos pessoas, uma comunidade enorme.

Social Youtube Brands iconInstagram Brands icon

User profile image
More comment
Tornando o Infect Modern mais tóxico e letal

Tornando o Infect Modern mais tóxico e letal

Budgetzando Arena - Snow Elves, o poder de um deck tribal!

Budgetzando Arena - Snow Elves, o poder de um deck tribal!

Kaldheim Draft: Evolução do formato

Kaldheim Draft: Evolução do formato

Mais artigos recentes

Mesmo autor

Time Asa Branca ganha novamente e dispara no Royale SuperCup

Time Asa Branca ganha novamente e dispara no Royale SuperCup

Time Asa Branca abre 4-0 e cola no time Hamuda no Royale SuperCup

Time Asa Branca abre 4-0 e cola no time Hamuda no Royale SuperCup

Time Hamuda sai na frente no Royale SuperCup: Pauper Teams

Time Hamuda sai na frente no Royale SuperCup: Pauper Teams

Mais do mesmo autor