Profile Main Image

Leon

Explicações da WOTC para mudarem companion e banirem Agent e Fires

Nova regra para companheiro e banimentos de Agent of Treachery e Fires of Invention

Este artigo é uma tradução do [link](https://magic.wizards.com/en/articles/archive/news/june-1-2020-banned-and-restricted-announcement)(anúncio da Wizards of the Coast). *Data do anúncio*: 1 de junho de 2020 *Nova regra companheiro*: Uma vez por jogo, sempre que você puder lançar um feitiço (durante a fase principal, quando a pilha estiver vazia), você pode pagar 3 manas genéricas para colocar seu companheiro do sideboard na mão. Esta é uma ação especial, não uma habilidade ativada. *Standard* [[Agent of Treachery]] está banido. [[Fires of Invention]] está banido. *Histórico* [[Agent of Treachery]] está suspenso. [[Fires of Invention]] está suspenso. *Data de vigência no Magic de mesa (Regras e B&R)*: 1 de junho de 2020 *Data de vigência no Arena*: 4 de junho de 2020 *Data de vigência da B&R*: 1 de junho de 2020 *Data de vigência no MTGO*: 4 de junho de 2020 [image](https://static.cardsrealm.com/images/cartas/en/piko-ikoria:-lair-of-behemoths-promos-lurrus-of-the-dream-den-226p-med.png?7030) Embora as mudanças nas regras do Magic normalmente não façam parte das atualizações da lista de Banidas e Restritas, neste caso, estamos introduzindo uma alteração na mecânica companion motivada pelo equilíbrio do jogo e pelo compartilhamento de metagame nos ambientes do jogo. A partir desta atualização, a mecânica associada (e todas as cartas que a apresentam) agora funcionará de maneira diferente de antes. A nova versão da mecânica funcionará da seguinte maneira: *Uma vez por jogo, sempre que você puder lançar um feitiço (durante a fase principal, quando a pilha estiver vazia), você pode pagar 3 manas genéricas para colocar seu companheiro do sideboard na mão. Esta é uma ação especial, não uma habilidade ativada. Isso acontece imediatamente e não pode ser respondido. Não pode ser combatido ou parado por cartas como [[Phyrexian Revoker]].* Nosso motivo para fazer essa alteração é baseado nos dados do metagame e nas taxas de reprodução de decks complementares em todos os formatos, e no feedback dos jogadores sobre padrões repetitivos de jogo. Como um grupo, os decks que usam companheiros têm taxas de vitória e participação de metagame muito altos em Standard, Pioneer e Modern, e já exigiram proibições em Legacy e Vintage. Essa tendência representa um problema de longo prazo para a saúde e a diversidade de todos os formatos. Em vez de seguir o caminho de fazer vários ajustes individuais na lista de proibidos para cada formato, sentimos que a melhor solução é reduzir a vantagem obtida com o uso de um acompanhante em geral. O resultado que pretendemos é reduzir o compartilhamento de metagame dos decks com companion, enquanto ainda capturam o espírito do design da mecânica e ainda assim vale a pena construir em muitos casos. Esperamos que essa nova versão da mecânica associada resulte em um desafio de construção de baralho e em meios de auto-expressão que alguns jogadores possam optar, em vez de serem uma grande parte do metagame competitivo. Discutimos várias mudanças de regras alternativas, mas finalmente decidimos por uma delas, pois melhor mitigar o potencial de jogabilidade repetitiva e fornece uma janela mais ampla de interação. Ao cobrar mana adicional, jogar com um companheiro se torna menos eficiente em relação a jogar com as outras cartas que o jogador comprou. Dessa forma, os jogadores têm mais probabilidade de lançar outras magias antes do companheiro, resultando em caminhos de jogo mais divergentes. Em seguida, essa mana adicional geralmente diminui a velocidade do companheiro em um turno, permitindo que o oponente interaja com ele enquanto está na mão do jogador do companheiro ou dando ao oponente um turno adicional para planejar com antecedência antes que o companheiro atinja o campo de batalha. É raro usarmos uma alteração de regras para lidar com o equilíbrio de metagame, e isso não é algo que planejamos fazer no futuro. Nesse caso, o problema não estava em uma carta individual, mas nos companheiros como um grupo. Acreditamos que essa solução é preferível a potencialmente precisar fazer vários banimentos em diferentes formatos ao longo do tempo. *STANDARD* [image](https://static.cardsrealm.com/images/cartas/en/peld-throne-of-eldraine-promos-fires-of-invention-125s.jpg?665) Ao longo das últimas semanas, os decks com [[Fires of Invention]] aumentaram para ter uma taxa de vitória dominante e presença de metagame no Standard, alcançando uma taxa de vitória de 55% e tendo combinações uniformes ou favoráveis ​​contra cada um dos outros dez principais arquétipos. Isso indica que as forças do metagame por si só não são suficientes para manter o baralho sob controle. Além disso, ao criar e testar ambientes futuros, descobrimos que a carta [[Fires of Invention]] é uma restrição significativa de design e equilíbrio. Devido à natureza flexível do efeito de redução de custos, os decks com [[Fires of Invention]] continuariam ganhando força à medida que novas magias de alto custo de mana fossem adicionadas ao ambiente. Quando novos conjuntos foram lançados, vimos as taxas de vitórias dos decks com [[Fires of Invention]] aumentar em comparação com os ambientes anteriores de metagame Standard. Devido à atual alta taxa de vitórias e ao compartilhamento de metagame do deck [[Fires of Invention]], e aos riscos e restrições de design que isso representa para o ambiente daqui para frente, [[Fires of Invention]] está banido no Standard. [image](https://static.cardsrealm.com/images/cartas/en/m20-core-set-2020-agent-of-treachery-43.jpg?5188) Em seguida, recentemente vimos um aumento de arquétipos que usam [[Lukka, Coppercoat Outcast]] ou [[Winota, Joiner of Forces]] para colocar o [[Agent of Treachery]] diretamente em jogo. Embora parte da intenção do design dessas cartas fosse fornecer maneiras criativas de implantar criaturas poderosas de alto custo de mana, observamos que usá-las para por em jogo um [[Agent of Treachery]] pode ser excepcionalmente frustrante de jogar e difícil de voltar. O efeito de roubar todos os terrenos ou cartas-chave, quando em uma alta taxa de jogo, reduz a diversidade no metagame. Baralhos construídos em torno de permanentes únicas ou grandes criaturas têm menos chances de sucesso quando os oponentes podem roubar suass cartas-chave sem a intenção específica de construção de baralho. Portanto, para permitir menor potencial de retorno aos decks de Lukka e Winota e promover a diversidade de construção de decks no Standard, [[Agent of Treachery]] está banido. *HISTÓRICO* Por razões semelhantes às do Standard, estamos optando por suspender os [[Fires of Invention]] e [[Agent of Treachery]] no Historic. À medida que continuamos a assistir o Historic crescer e monitorar a evolução do metagame, no futuro reavaliaremos se é apropriado cancelar a suspensão de cada uma dessas cartas ou se essas suspensões se tornarão banimentos. *ARENA* As cartas banidas poderão ser trocadas por Wildcards caso o usuário queira, já que elas ainda são permitidas em formatos como Brawl. Haverá uma diminuição na probabilidade dessas cartas serem conseguidas em pacotes de boosters.

Compartilhe:

Nota

0

Profile Main Image

Leon

Programador do site da Cards Realm. O Magic vai muito além das cartas. Somos pessoas, uma comunidade enorme.

Social

User profile image
Profile Main Image

Alexandre

Report do campeão do primeiro Cards Realm Series - Pauper


Fala pessoal, tudo tranquilo?? Aqui quem fala é [link](https://www.youtube.com/channel/UC3cufsl-_Br8M0nGU5Y7kFw/videos)(Alexandre Weber) e hoje eu to saindo um pouco da minha praia do conteúdo audio-visual para escrever esse report pra vocês! Pra quem não sabe, nas últimas duas semanas aconteceu o [link](https://mtg.cardsrealm.com/tournament/1jnfm-cards-realm-pauper-series-101)(Primeiro Torneio Pauper Series), que aconteceu aqui na plataforma que vocês estão lendo, a Cards Realm. O torneio foi gratuito e contou com a presença de 102 jogadores, e uma premiação total de 30 tix! Após 7 rodadas de suíço e mais 3 rodadas do top 8, eu acabei saindo como campeão desse torneio, utilizando o Mono Blue Delver a pedidos de um apoiador, o Carlos Junior! O Mono Blue Fadas na minha visão está muito bem posicionado nesse metagame, inclusive tendo uma partida boa/equilibrada contra os outros decks azuis que estão dominando o formato, UR Skred e UB Delver. Mas é claro, a fraqueza do Mono Blue contra as estratégias Boros (Boros Bully, Boros Monarca) ainda é muito grande, fazendo com que o deck precise de um pouco de sorte nos pareamentos das rodadas em um torneio. Sobre a lista optei por escolhas sólidas, apostando nas [card](Faerie Seer) que eu gostei mais delas em relação a [card](Fada Marota), por jogar melhor sozinha, e apostando também no [card](Piracy Charm), que possui uma versatilidade boa principalmente nos seus principais modos (+2/-1 pra criatura alvo e jogador alvo descarta uma carta). Para interagir com as 3 cópias de [card](Mystic Sanctuary )utilizei 2 [card](Fathom Seer )fornecem um Card Advantage/Board Presence brutal e apenas uma cópia de [card](Tragic Lesson) que ultimamente não vem ajudando tanto assim na estratégia tempo do deck e até pensei em não usar. Para completar, 2 cópias de [card](Deprive). O resto do main deck é bem padrão. Em relação ao side, a [card](winter's rest) tem me surpreendido demais, principalmente para inutilizar o [card](StormBound Geist), que o deck tem muita dificuldade de enfrentar e apenas 1 [card](Echoing Truth) Já que é uma carta que não consigo utilizar tão bem, então utilizei logo 3, além de ser boa contra outros Decks de criatura (affinity, Stompy) [deck](45059) Então já falei sobre algumas escolhas da lista vamos as partidas do torneio! Quase todas partidas foram ou serão mostradas em vídeo através do meu canal no Youtube, [link](https://www.youtube.com/channel/UC3cufsl-_Br8M0nGU5Y7kFw)(Alexandre Weber MTG). *Rodada 1* [link](https://mtg.cardsrealm.com/decks/2330-rfunay)(Auras - Rafael Funayama) Auras é uma good match pro Mono Blue, já que normalmente consegue ter acesso a counters mais rápido e em mais abundancia que outros deck azuis (UR Skred e UB Delver). Apesar disso foi uma partida tensa, acabei perdendo o game 1, já que meu oponente teve mais auras relevantes do que eu tive counters e um Vulpikeet me surpreendeu demais. Nos games 2 e 3 o oponente mulligou, facilitando bastante a tarefa de anular as principais cartas. - Resultado: 2-1 - Resultado no torneio: 1-0 <iframe width="560" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/5aiZ8bKps54" frameborder="0" allow="accelerometer; autoplay; encrypted-media; gyroscope; picture-in-picture" allowfullscreen></iframe> *Rodada 2* [link](https://mtg.cardsrealm.com/decks/2ego-deck-pauper-torneio)(TRON - Guilherme Gasparotto) Dessa vez contra o conterrâneo Gasparotto que estava de Tron e mostrou certa inexperiência para jogar rápido com o Deck. Aproveitei disso arrastando bastante o tempo dele no Game 1, que ele venceu, mas teve dificuldades de vencer rápido. O game 2 eu venci (e ele poderia ter concedido mais rápido para ter mais tempo no g3). Então no g3, apesar de ele ter a vantagem, era praticamente impossível de vencer no tempo que ele tinha. - Resultado: 1-1 (vitória no tempo) - Resultado no Torneio: 2-0 <iframe width="560" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/HGrmQzVWQ50" frameborder="0" allow="accelerometer; autoplay; encrypted-media; gyroscope; picture-in-picture" allowfullscreen></iframe> *Rodada 3* Boros Bully (Clamego) Talvez a pior match-up do Mono Blue, foi bem difícil de enfrentar, venci o game 1 devido a um misclick do oponente fazendo selo de fogo ao invés de um [card](electrickery). O game 2 foi bem padrão dessa partida e então ficou tudo para o game 3. Ele não veio tão bem, eu consegui colocar pressão e ele estava com 8 pontos de vida e eu com um Delver Flipado. Faço um [card](ponder)e tem 2 ilhas básicas e 1 [card](Spire Golem), acabo embaralhando, mas se tivesse keepado o [card](Spire Golem) conseguiria vencer. Ele acha um [card](Thraben Inspector) que acha um [card](Prismatic Strands) e eu perco a partida. Inclusive você pode conferir essa partida aqui embaixo e aqui está o canal do [link](https://www.youtube.com/channel/UCNP3C_k_Et9-GWFI1cG3gdQ)(Clamego) - Resultado: 1-2 - Resultado no torneio:2-1 <iframe width="560" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/p7QEI-TJIJ8" frameborder="0" allow="accelerometer; autoplay; encrypted-media; gyroscope; picture-in-picture" allowfullscreen></iframe> *Rodada 4* TRON (Capivara) Partida contra o Mano Capivara que queria muito ganhar de mim, mas infelizmente pra ele, ele não estava com o deck certo pra isso (se fosse Boros Bully ele ganhava fácil) Esse jogo deu tudo certo para o Mono Blue e o Tron teve dificuldades com as manas do game 1 e game 2. - Resultado: 2-0 - Resultado no torneio: 3-1 <iframe width="560" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/YfHlEk1Q1hs" frameborder="0" allow="accelerometer; autoplay; encrypted-media; gyroscope; picture-in-picture" allowfullscreen></iframe> *Rodada 5* Mono Black Control (Crohn) Essa partida infelizmente não consegui mostrar no canal já que deu problema na hora de gravar e problemas com o replay. Mas foi um excelente jogo em que o Mono Blue conseguiu colocar pressão enquanto algumas cartas do Mono Black são pesadas demais para esse jogo. No game 2 tive que contornar uma cumbajj witches que entrou cedo e eu não tinha remoção. Cartas como Spire Golem, Fathom Seer, Delver Flipado Storm Bound e o próprio ninja voltando fada 1/1 ajudaram demais a contornar a cuombajj witches. - Resultado: 2-0 - Resultado no torneio: 4-1 *Rodada 6* [link](https://mtg.cardsrealm.com/decks/2e98-burn)(Burn - Pedro FAC) Partida tensa contra Burn, game 1 é muito difícil mara o Mono Blue já que não existe maneiras eficientes de lidar com Thermo-Alquimista, Curse e Ghitu Lava Runner. Então estabilizei o jogo com 3 de vida, mas acabei perdendo o game 1. Game 2 as Blue Elemental Blast ajudam muito e no game 3, ele no play, fica muito difícil de segurar, mas ele keepou mão de 1 land + Ghitu + Needle Drop pra achar o segundo land e acabou não achando, apesar do azar do oponente acho que ele fez certo em arriscar. - Resultado: 2-1 - Resultado no Torneio: 5-1 <iframe width="560" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/xrdPfKVdOm0" frameborder="0" allow="accelerometer; autoplay; encrypted-media; gyroscope; picture-in-picture" allowfullscreen></iframe> *Rodada 7* vs ??? (Shadowwater) Meu oponente acabou aparecendo depois do prazo para jogar a última partida e então acabei vencendo por WO e indo para o top 8. - Resultado: 2-0 (WO) - Resultado no Torneio: 6-1 TOP 8 [link](https://mtg.cardsrealm.com/decks/2e98-burn)(Burn - Fernando Souza) Partida Muito parecido com a sexta rodada que enfrentei Burn. Game 1 estabilizei com pouco vida e perdi. Game 2 ganhei com a ajuda da Blue Elemental Blast e de começar jogando. Novamente a história se repetiu no game 3, o oponente keepou uma mão com apenas um land e não achou a segunda cedo, dando o tempo para o Mono Blue Controlar o jogo e colocar pressão. - Resultado: 2-1 *TOP 4* [link](https://mtg.cardsrealm.com/decks/2eh8-ub-delver)(UB Delver - Luan Freitas) Eu não sei como é a percepção do público sobre quem tem vantagem nessa partida, mas pelo que pude perceber o Mono Blue tem uma vantagem, já que o UB não tem tantas criaturas com voar e o Snap é uma excelente resposta pro Gurmag. Então o jogo acabou sendo exatamente isso, o Mono Blue colocando pressão e o UB tendo muitas dificuldades para estabilizar. O meu side board que conta com 3 Winter's Rest também é muito preparado pra lidar com o StormBound Geist, que é o melhor Blocker voador do lado do Oponente. - Resultado: 2-0 *Grande Final* [link](https://mtg.cardsrealm.com/decks/2e6:-ub-delver)(UB Delver - Hamuda) Final novamente contra UB Delver mas dessa vez contra o Hamuda, ou seja, final 100% do Rio Grande do Sul, o que me deixa bem feliz de ver o Sul conseguindo ir bem no cenário Pauper Nacional. Partida transmitida pelo twitch no top 8 beneficente que vocês podem acompanhar como foi essa partida [link](https://www.twitch.tv/videos/636487385)(aqui). No game 1 abro de Mana Delver em homenagem ao [link](https://manadelver.wordpress.com/)(Ari), e ele flipa logo de cara e consegue dar 6 de dano antes de tomar removal. Eu fico travado em dois lands, e preciso usar um [card](Piracy Charm) para matar o Delver dele, e como estava com apenas duas manas eu fico sem duas manas pra anular. Ele mata o Delver, depois eu faço uma [card](Spellstutter Sprite) + [card]( Ninja das Horas Tardias) que toma removal e eu consigo controlar o jogo com uma [card](Faerie Seer) apenas no campo, ele faz um ninja e eu forço uma counter war sabendo que ia perder só pra utilizar a minha mana de maneira eficiente e isso ajuda demais pra consolidar o game 1 com mais um Delver acompanhando a Faerie Seer no Clock. No game 2 a partida fica um pouco mais tensa, abro de mana reliquía que atrasa demais o Gurmag e consigo colocar um pouco de pressão com as fadas e com um Spire Golem, e ele com um Delver Flipado. Eu opto por começar a atacar com as fadas (até para jogar envolta de um Shrivel) e perco algumas Spellstutter em blocks do Delver mas consigo causar dano. No final do jogo consigo achar mais pressão, para causar os últimos pontos de dano, além de um Winter's Rest para inutilizar o Stormbound Geist dele e consigo vencer a final e me tornar o primeiro campeão do Pauper Series da Cards Realm! Resultado: 2-0 <iframe src="https://player.twitch.tv/?video=636487385&parent=www.example.com" frameborder="0" allowfullscreen="true" scrolling="no" height="378" width="620"></iframe> Obviamente estou muito feliz de ter sido campeão e quero agradecer a todo mundo que torceu na stream e nos grupos do WhatsApp :D (apesar de que não tô muito acostumado a pessoas torcendo por mim, meu padrão é ser subestimado e acharem que não vou vencer kkkk). Também quero agradecer a organização por proporcionar esse torneio de GRAÇA para a comunidade Pauper que precisa muito de oportunidades assim. É isso :D Espero não ter esquecido nada e qualquer dúvida é só me perguntar que fico feliz em responder!

Compartilhe: