Sobre o último anúncio de banimentos

Magic: the Gathering

News

Sobre o último anúncio de banimentos

Nesse artigo trago minha opinião sobre os banimentos do dia 13/01/2010, assim como o que concordo e discordo da postura da Wizards of the Coast quanto a essas decisões.

By Thiago, 01/14/20

Mais uma vez a WotC nos surpreende trazendo mais mudanças do que o esperado em seu anuncio sobre a banlist. Depois de muitos ficarem surpresos com o Looting caindo junto com Hogaak e a Stoneforge Mystic saindo do submundo bem no estilo Theros, agora foi a vez de Mox Opal e Mycosynth Lattice serem exiladas junto com Oko, Ladrão de Formatos. Nesse artigo trago minha opinião sobre o banimento de cada uma dessas cartas, assim como o que concordo e discordo da postura da Wizards of the Coast (WotC) quanto a essas decisões.

Ad

Oko, Thief of Crowns

Image content of the Website
Banimento foi justo e já era esperado. Neste ponto concordei com a postura da WotC de ter dado tempo para o formato se adaptar. O metagame Modern normalmente encontra maneiras de lidar com as novas cartas que estão impactando o formato, como pudermos ver no início do ano passado com a

Arclight Phoenix

, que não precisou de um banimento. Para quebrar rápido o formato, tem que ser uma carta muito degenerada (fala ae

Hogaak, Arisen Necropolis

) e pelo fato de a princípio o Oko ser jogado em estratégias Midrange, demorou um pouco para observarmos sua dominância. Porém, depois desses 3 meses provou-se que a melhor resposta para o Oko era usar seu próprio Oko no deck. Vimos vários decks tradicionais do modern, como Infect, UW Control, variações da TitanRamp , Jund, e Burn Oko 5-0 meme dando algum jeito de incluir essa carta em suas listas. E semana passada já tínhamos mais de 40% dos decks usando

Oko, Thief of Crowns

. Fora isso, ela era uma das cartas que deixava o Simic Urza (deck do momento a ser vencido) extremamente consistente em lidar com ameaças. Por esses e outros motivos (Burn começou a perder pra Infect) o banimento foi justo e necessário. Agora a grande pergunta é:
Image content of the Website
Quanto tempo será que essa carta dura no Legacy? Quantas vezes mais vamos ver Black Lotus sendo transformada em Elks no Vintage?! Bom... isso é um assunto pra outro artigo. Próximo!

Mox Opal

Image content of the Website
Na tentativa de conter a supremacia que estratégias Midrange com

Urza, Lord High Artificer

estão tendo no formato, a WotC julgou necessário incluir Mox Opal na lista de banimento. Muitos dirão que é uma carta que já estava no radar deles por 5~6 anos e que ela possibilitava estratégias degeneradas no formato. Concordo com todos esses argumentos, porém acredito que todo deck Modern de alguma forma faz algo degenerado ou é extremamente eficiente em degenerar as jogadas degeneradas do oponente. Então não levo em conta esses argumentos como decisivos para um banimento. Pra mim esse ban entra no mesmo caso que o

Faithless Looting

. Um mal necessário por causa do mau design das cartas novas. Não coloco no mesmo barco que a

Bridge from Below

porque eu acho que os decks Urza não vão continuar roubados que nem foi o caso do Hogaak após este ban. Muita da explosão do deck vinha dele consistentemente conjurar o Urza no turno 2, ou conjurar no turno 3 e ter artefatos o suficiente em campo para gerar mana para um

Cryptic Command

ou

Metallic Rebuke

. Sem

Mox Opal

, isso é mais complicado. Muitos falaram que

Urza, Lord High Artificer

deveria ser a carta banida. Acredito que se o deck conseguir manter essa consistência usando

Mox Amber

, de fato o artífice alto vai ser convidado a se retirar. Caso contrário, ficamos com o

Sword of the Meek

+

Thopter Foundry

sendo mais um dos vários combos dentro do formato, e vida que segue.

Ad

Mycosynth Lattice

Image content of the Website
Foi um ban que eu não concordo, e aproveito para criticar a postura da WotC neste ponto. O ban faz todo sentido seguindo o argumento deles de o combo Lattice +

Karn, The Great Creator

leva a "jogos não divertidos". Isso é verdade para mim e muito outros que não joga de Tron, Eldrazi Tron e estratégias do tipo "prison". Mas quem joga com os decks tem todo direito de usar suas cartas e se divertir com o combo "chato". Concordo com o argumento de "não é divertido" quando de fato o jogo fica insuportável por causa da carta, como era o caso com

Krark-Clan Ironworks

e

Nexus of Fate

. Nestes decks, você se sentia meio que obrigado a continuar porque ainda havia a possibilidade do oponente errar o combo ou não achar a wincon. Então em um torneio sério não dava pra conceder logo de cara. Na grande maioria das vezes, o combo Karn + Lattice é diferente. Uma vez que as duas cartas estão no campo de batalha, nada que você faça pode alterar o estado desse jogo. Sua única opção é atacar com seus bichos. Se der pra ganhar assim, você continua o jogo. Caso contrário, você e o oponente vão ficar comprando até ele achar a wincon dele e vencer. Ai cabe o bom senso de cada um em não jogar devagar de propósito (o que é contra as regras) ou conceder a partida que considera perdida.

WotC Design Team

Merecia ban!! (brincadeira hahaha). Após o anúncio do banimento de

Oko, Thief of Crowns

no Standard, a equipe de design lançou um artigo se justificando. Eles deixaram claro no artigo que, ao longo dos últimos anos, mudaram a postura de como fazer os designs das cartas. De acordo com o que disseram, durante os últimos anos eles estavam "errando pra baixo" o power level das cartas, e isso acabava causando banimentos que não eram pra ser necessários no Standard. E agora, se for pra errar, eles vão "errar pra cima". Vimos muito isso nas últimos coleções de Magic. Posso citar fácil várias cartas que foram problemáticas em diversos formatos:

Karn, The Great Creator

,

Narset, Parter of Veils

,

Teferi, Time Raveler

,

Field of The Dead

,

Veil of Summer

,

Once Upon a Time

e nosso amigão Broko, dentro outras que eu provavelmente esqueci. Como eles só estão admitindo isso como um problema agora, e as coleções são projetadas com 1~2 anos de antecedência, não esperem que essa situação mude muito daqui pra frente. Em Theros, Beyond Death mesmo já vimos cartas como

Heliod, Sun-Crowned

e

Underworld Breach

que têm um potencial grande de quebrarem formatos. Pra Ikoria, CoreSet Teferi, enfim... pra 2020 esperem mais "emoções" rolando nos nossos queridos formatos eternos, o que é horrivel pro nosso bolso, mas ótimo pra xingar muito no Twitter.

Grade

0

opinião
User profile image
More comment
Best Modern Horizons II White cards for Modern

Best Modern Horizons II White cards for Modern

The Impact of Modern Horizons II in Modern, Legacy & Pauper

The Impact of Modern Horizons II in Modern, Legacy & Pauper

Strixhaven Championship and the future of Historic

Strixhaven Championship and the future of Historic

More recent articles

Same Author

Can we save the Companions?

Can we save the Companions?

What is the problem with Wizards?

What is the problem with Wizards?

About last banned and restricted announcement

About last banned and restricted announcement

More from same author

Your privacy

We use cookies to ensure the functionality of our website, to personalize content and advertising, to provide social media features, and to analyze our traffic. Find out more about cookies reading our Privacy Policy