Budget, Metagame, TIER , FIELD e jogo

Mais uma vez estou aqui para aquele papo brilhoso sobre magic. Hoje, vou falar sobre algo bem importante para todos nós que não temos aquela verba milionária para comprar aquele deck maroto Top Tier: sobre o motivo dos formatos Pauper e o Commander terem explodido no Brasil.

Por Luiz, 26/10/18

Olá meus caros mancebetes... Mais uma vez estou aqui para aquele papo brilhoso sobre magic. Hoje, vou falar sobre algo bem importante para todos nós que não temos aquela verba milionária para comprar aquele deck maroto Top Tier: sobre o motivo dos formatos Pauper e o Commander terem explodido no Brasil. Antes de começar, vamos explicar algumas nomenclaturas: TIER - Significa ambiente. Cada loja/casa/campeonato tem o seu ambiente mais propício de jogo. Quando estudamos os dados de lojas como a MTGGoldfish o que vejo é a soma de vários campeonatos. Quanto mais campeonatos naquele formato a loja realiza mais fidedigna pode ser sua classificação quanto a quê deck é o melhor. Mas, nada te impede de chegar com um deck totalmente novo e que seja mais propício a ganhar naquele ambiente, de maneira planejada ou não. Pode ser classificado entre 1º, 2º e 3º dependendo de o quão próximo o deck é dos mais vitoriosos naquele local , apesar que pra mim TIER3 já é budget kkkkkkkk

Ad

Image content of the Website FIELD - é o campo onde se formam os TIERS. Por exemplo: você pode ter um deck TIER1 que nunca ganha na sua cidade pois o FIELD (local onde ocorrem os campeonatos da sua cidade, ou que você joga) é todo contra ele. METAGAME- é como os decks se organizam ( quais os TIERS de cada deck, quem sobe e quem desce) em determinado field ou conjunto de fields... Por exemplo: Qual o metagame atual do pauper? Os decks tier1 são: izzet Delver, Kuldotha boros e monoblue delver, decks tier2 são o afinity e o Monoblack control, e os tier3 na maioria são budgets como o defender combo e o Naya heróic. Costuma a ter mudanças incríveis após banimentos e desbanimentos. o metagame é um retrato da luta entre os decks em um dado field. BUDGET- sacolão, o famoso baratinho... Sejam versões Tabajara de decks Tier, respostas criativas as listinhas prontas da internet ou aquele deck desafio (quero ver outra pessoa montar um deck de leite com manga!) .Enfim, qualquer redação que dê os três exemplos numa frase só em cadência, o que define o budget é o preço. A seguir, falaremos do preço das listas tanto em dólares quanto em reais .Considere: LEGACY Image content of the Website Na época em que uma única Force of Will valia R$600,00 (sugestão de piada: qualquer coisa valia x, tipo salario minimo, picole na rua a 0,25, etc) eu passei duas FoW pegando em troca um deck inteiro, que já havia inclusive sido campeão mundial de legacy! A lista era mais ou menos essa Deck na MtgGoldFish: hyperlink Uma versão deste deck foi já campeão mundial Legacy ,Eu joguei com ele em um campeonato aqui na minha cidade(foi desleal 9/0/0) e mesmo assim o valor dele hoje está em 2815$. Mas, considerando o valor do Top Tier do formato,o Miracles vale 3.366,50 doletas! isso dá quase 10 mil reais.... E isso você vai ter somente um deck, por mais que goste do formato....Não vejo como válido para meros mortais com contas a pagar como nós. Isso infelizmente engessa o formato e limita o número de novos jogadores e decks . Deck na MtgGoldFish: hyperlink Pra ser mais simples o deck mais barato TIER do formato é esse: hyperlink Eldrazi post no valor de $ 1600. Um valor um tanto quanto limitante se considerando que para se jogar competitivamente você irá precisar pelo menos de 3 decks PAUPER Image content of the Website Vamos ver qual a diferença? Os preços do deck completo variam de 42 doletas(cerca de 140 reais) até 133 doletas: o izzet Pauper, o top do formato . Um amigo meu ganhou um campeonato aqui em Lavras-mg com uma versão budget deste deck: Deck na MtgGoldFish: hyperlink Tal versão lhe custou 20 Reais...Mas considerando o valor bruto de um deck legacy, mesmo o mais barato do meta, com mesmo investimento você teria TODOS OS DECKS TIER1. MODERN Image content of the Website Considerando o deck mais barato, o 12 bolts de $ 140: Deck na MtgGoldFish: hyperlink E o mais caro de $ 1447, o five colors humans:

Ad

Deck na MtgGoldFish: hyperlink Acaba caindo no mesmo problema do legacy: o valor. Sem contar que o legacy pode ser investido pois muitas cartas nunca vão baixar seu valor por conta de reserved list. Já o modern, vai ser sempre uma montanha russa. COMMANDER Image content of the Website Os commanders em geral são os formatos que mais aceitam budgets, pois tem uma probabilidade menor de jogar com aquela carta(afinal ela é 1 em 99) além de ser o formato com mais decks listados. E tem por conta disso as cartas mais baratas e fortes jogáveis (sol ring, torre de comando entre outras) e aumenta seu número a cada lenda lançada. O mesão tem como Tier1 a atraxia de $ 245 mas pode ter decks de 25 Trumps. Pra mim o formato joga tudo, afinal, o que interessa nem sempre é seu deck, mas sim sua interação e o quanto consegue ser político com ele. Sei que aqui vou atrair muitas críticas, mas outra hora farei um artigo só sobre isso. COMMANDERx1 Image content of the Website Aqui os preços já oscilam mais, por encontrar um thrassio no preço de um legacy de $ 3678 (ai meu rim!!). Deck na MtgGoldFish: hyperlink Isso seria terrível se o mesmo não disputasse com um Zurgo de $ 156, Deck na MtgGoldFish: hyperlink Entre eles, infinitos comandantes de valores distintos. Aqui dependendo do comandante um investimento deve rolar. Não existe politicagem. O deck deve ser forte para o x1 .Um atenuante nisso é o fato de existirem outras variáveis, que nesse tipo são mais fortes A sorte afinal , cada carta é 1 em 99 o que torna uma mão perfeita mais difícil e a interação comandante deck. Por isso o FIELD sempre muda abrindo brecha para aquele budget cremoso que você montou. Então depois de examinar todos estes valores, na minha opinão commander e Pauper são os mais acessíveis principalmente pensando o custo-benefício. O valor torna os jogos mais variados. Não que o modern e Legacy não tenham mais possibilidades....claro que tem, mas a maioria inviável por investimento. E quando a conversa é sobre variação tática o Commander dá de mil nos outros, pois tem uma mecânica que exige o uso de mais cartas similares e não as melhores lançadas. Isso sem contar a mecânica com o seu Comandante que é única . Não é à toa que vejo estes como os 2 formatos que mais crescem no Brasil. Obrigado por lerem estas são as minhas considerações e até a próxima Em Confecção : Combo, o que são?...onde vivem?...do que se alimentam? Porquê não tem amizades? Co-autores Lucas, psicólogo, dealer em treinamento, entusiasta do espancamento desleal e covarde no magic, o melhor usuário da frase"no trabalho analiso teus sonhos. Nas folgas casto teus pesadelos" Leon, tá vendo até onde os olhos podem abargar? É quase tudo meu nesse site! Fonte Budget decks Aqui você encontra muitos: hyperlink Entre eles Iszoni , skullbriar,Trostani entre outros recomendo E como sempre o EDHREC hyperlink Fonte TIERS Commander hyperlink Commander x1 hyperlink Pauper hyperlink

Ad

Modern hyperlink Legacy hyperlink

Nota

0

budget metagame tier
Profile Main Image

Luiz

Luiz Cláudio de Souza Reis Besamat, personal training, jogador de magic desde 1995, ex-jogador de legacy, atual commandeiro. Louco pelo magic, suas histórias e todas as suas mudanças.

Social Instagram Brands icon

User profile image
More comment
Deck da Semana: Grixis Valki Pioneer

Deck da Semana: Grixis Valki Pioneer

Resumo da reunião de acionistas da Hasbro em 2021

Resumo da reunião de acionistas da Hasbro em 2021

Wizards Anuncia Universes Beyond,  com Warhammer 40k e Senhor dos Anéis

Wizards Anuncia Universes Beyond, com Warhammer 40k e Senhor dos Anéis

Mais artigos recentes

Mesmo autor

Possíveis cartas vazadas de Commander legends

Possíveis cartas vazadas de Commander legends

Especulando  a coleção básica 2021

Especulando a coleção básica 2021

A necessidade de experimentar algo novo no Magic

A necessidade de experimentar algo novo no Magic

Mais do mesmo autor