Profile Main Image

Mauricio

Como aumentar o Power Level e diversificar o Pauper? Parte 1

Talvez a maior limitação a variações de decks no Pauper seja a escassa base de terrenos não-básicos.

No último ano, muito tem se falado sobre os banimentos que deveriam ou não acontecer no Pauper. Pergunte a dez jogadores e você provavelmente ouvirá dez opiniões diferentes com as mais curiosas justificativas para essa ou aquela carta serem banidas ou desbanidas. Obviamente, muitas vezes essas opiniões são enviesadas de acordo com as preferências de cada jogador, mas ainda assim, é um assunto que sempre dá o que falar. Acredito que a riqueza e diversidade de um formato devem sempre ser balizadas por aquilo que poderia ser acrescentado, e não o que deveria ser tirado. Se um deck como Fog Tron ou MonoBlue Dever são tidos como “muito fortes” em algum momento, o que poderia ser lançado para lidar com as ameaças destes decks? Essa deveria ser a primeira pergunta de todos nós, ao invés de simplesmente pedirmos o banimento da carta A ou B. A razão para toda essa polêmica é bastante simples: a popularidade do Pauper no Brasil é inegável, e a pequena variação dos decks já consolidados no metagame muitas vezes incomoda parte da comunidade, que gostaria de contar com mais ferramentas e opções para lidar com as principais ameaças dos decks Tier 1 e 2 do formato, além de permitir novas opções de decks sólidos que diversifiquem drasticamente do metagame Pauper. Mas, será que isso poderia ser feito pela Wizards de forma prática e rápida? Se sim, como? Bem, desde a histórica data da unificação das listas e sancionamento do formato, criou-se uma possível brecha que facilitaria a inclusão de cartas no formato. O texto de Blake Rasmussen no dia 27 de junho diz: *“A definição de “válido no Pauper” expandirá para incluir qualquer card impresso na raridade comum em qualquer coleção digital ou de papel.”* Portanto, uma rápida e barata solução para a Wizards fazer o downgrade de cartas incomuns e raras para o Pauper de papel poderia ser o lançamento de uma ou mais coleções digitalmente, lançadas exclusivamente no Magic Online. Pode parecer estranho, mas seria uma saída rápida e viável para adicionar opções ao formato que não necessitem de lançamento físico. Claro, ainda há essa opção, como a criação de “Challenger Decks” Pauper ou produtos como os que já existem para Commander. Fora isso, a chance de reprints funcionais em coleções Standard ou em coleções para Modern me parece remota ou limitada. Posta essa possibilidade, por mais “exótica” que possa parecer, a segunda pergunta a ser feita é: o que poderia ser adicionado ao Pauper para aumentar seu Power Level, mantendo a diversidade? Este é um exercício complexo, pois as interações entre cartas são infinitas. Porém, vale a pena especular e discutir sobre algumas opções e é o começaremos a fazer agora, listando primeiramente Terrenos que poderiam ser adicionados ao Pauper. *TERRENOS* Talvez a maior limitação a variações de decks no Pauper seja a escassa base de terrenos não-básicos. Com exceção dos terrenos de Urza e uma outra utility land, o formato possui basicamente as bounce lands e life lands duais, que entram em jogo viradas e adicionam duas cores de mana. Desta forma, acredito que três tipos de terrenos poderiam entrar para o formato: *TRILANDS* [image](https://cdn.cardsrealm.com/images/cartas/en/ddn-duel-decks:-speed-vs-cunning-mystic/monastery-73.jpeg) O sonho de boa parte dos jogadores da comunidade são as lands que adicionam três diferentes cores de mana, gerando assim uma maior chance de decks de três ou mais cores jogando competitivamente no formato. Opções como Nomad Outpost, Mystic Monastery e Jungle Shrine, além de suas “irmãs”, trariam mais diversidade, sem nenhum comprometimento de power level, uma vez que estes terrenos também entrariam em campo virados. *DUAL SNOW LANDS* [image](https://cdn.cardsrealm.com/images/cartas/en/csp-coldsnap/frost-marsh-146.jpeg) Já ficando um pouco mais polêmico, os terrenos nevados de duas cores lançados em Coldsnap, como Frost Marsh e Boreal Shelf, também parecem adições saudáveis ao Pauper. Hoje basicamente se utilizam terrenos nevados nos decks que jogam com Skred, mas adicionar mais opções de duas cores facilitaria o uso de outras cartas que usem a mecânica de “nevado”, além de poderem ser adicionadas em decks de duas cores tradicionais como mais 4 cópias de dual lands. *SCRY LANDS* [image](https://cdn.cardsrealm.com/images/cartas/en/jou-journey-into-nyx/temple-of-epiphany-164.jpeg) As famosas Scry Lands de Journey into Nyx, que foram reprintadas em M20, também seriam adições saudáveis para o Pauper. Mais uma opção de terrenos de duas cores, que entram virados em campo, mas que com função de Scry, seriam praticamente onipresentes nos decks de duas ou três cores. Basicamente todos os decks deixariam de usar as life lands duais para usar as scry lands – salvo exceções. Continuaremos no próximo artigo listando quais cartas brancas e verdes poderiam ser adicionadas ao formato. O que você acha que poderia entrar no formato?

Compartilhe:

Nota

0

Profile Main Image

Mauricio

Conheceu Magic em 2001 e entre idas e vindas, joga há quase 20 anos, sendo um entusiasta do formato Pauper. Mora e joga em Goiânia/GO.

Social Instagram Brands icon

User profile image