Profile Main Image

Diogo

Formulário para Beta Closed do MTGO

A Wizards of the Coast abriu o Beta Closed para receber feedback dos usuários sobre novas funcionalidades que serão implementadas no Magic Online

Assim como nós, provavelmente você achava que o Magic Online estava com os dias contados, né? Pois bem, estávamos errados, e para comprovar isso, a Wizards of the Coast abriu o Beta Closed para receber feedback dos usuários sobre as novas funcionalidades que serão implementadas. Caso você seja aquele jogador que gosta de testar novas funcionalidades, recomendo que você acesse o link abaixo e registre o seu usuário do MTGO e do site da Wizards. [link](https://mtgo-support.wizards.com/hc/en-us/articles/360000941903-Magic-Online-Closed-Beta-Requirements)(Clique aqui para se registrar). Você vai receber um email com o assunto: *[Request received] MTGO Beta Signup*. É só aguardar o link para baixar o MTGO e testar. Lembrando que é importante dar feedbacks para que eles possam melhorar mais o Magic Online.

Compartilhe:

Nota

0

User profile image
Profile Main Image

GeekPlaceAraras

Análise de uma década de "novos standard"


Depois de rever o alvoroço causado pelo último top 4 acompanhado pela comunidade de MTG, com três Red Deck Wins entre os quatro melhores colocados do torneio, me propus a avaliar os últimos dez anos de Standard no Magic the Gathering, com a intenção de entender melhor a história do Metagame do Standard. A primeira dúvida foi como analisar tanto tempo de Standard com pouco tempo hábil disponível... Ter participado de praticamente todos os Metagames como jogador e assistido a quase todos os eventos online facilitou um pouco, mas ainda assim era necessário mais. A solução me pareceu lógica, avaliar os torneios mundiais, mas outro problema logo apareceu: o antigo formato de Mundial de MTG Standard praticamente não foi utilizado nos últimos anos. Novas fórmulas foram testadas, dificultando um pouco a divisão sobre os melhores decks e campões ano a ano. *Alerta de Saudosismo!* Para mim, os Mundiais antigos eram muito mais interessantes e geravam muito mais comoção no público de forma geral. Lembro-me de virar várias noites em frente ao computador na casa de amigos comendo lanches e pizzas para acompanhar os torneios, comentar as jogadas e verificar se algum deck surpresa iria aparecer. O formato por equipes me tirou muito da vontade de acompanhar o torneio como um todo e dificultou um pouco a pesquisa sobre os melhores decks (pelo ângulo do mundial de Magic the Gathering). Sem mais delongas vamos começar a analise sobre o standard World’s MTG: [image](https://cardsrealm.com/images/uploads/1557242446.png) *Tabela 1*: Top4 dos últimos dez anos de Mundiais de MTg Wizards (Levando em conta apenas o Standard) É possível verificar pela Tabela acima que apenas em dois anos o Mundial não teve decks repetidos no top4 Standard. Em cinco dos dez anos o mundial apresentou decks iguais, que se repetiram ao menos uma vez no top4. Podemos destacar o ano de 2013, quando os decks aparecem duplicados duas vezes com dois UWx Midrange e dois Jund Midrange. Já em três anos mais extremos contamos com três decks iguais entre os quatro finalistas: 2010, 2015 e 2016, com três UB Control em 2010, três Abzans em 2015 (com uma pequena variação em um deles) e três Bants em 2016, novamente com uma pequena variação em um dos três decks. Essa pequena analise fria de números mostra que historicamente o Standard apresenta uma variação menor de metagame do que formatos compostos por mais edições. Isso é perfeitamente natural se pensarmos no limite de cartas disponíveis para criar a variação de decks. A ansiedade da comunidade em acompanhar o primeiro grande torneio Standard pós-War of the Spark era grande. Para alguns a decepção em ver três decks iguais no top4 foi ainda maior que a ansiedade gerada para ver as novas cartas. Para você que está com esse peso no coração, calma! O novo standard está apenas começando, os decks ainda serão testados a exaustão e novidades ainda virão. Em meio aos primeiros testes, o Red Deck Wins se destacou neste torneio, mas ainda é muito cedo para saber se ele conseguirá manter-se entre os principais decks em um Metagame mais estabilizado e preparado. *Carlos Eduardo Tognoli* Fontes: [link](http://www.mtgtop8.com/event?e=443&f=ST)(2009 - Mtgtop8) [link](https://mtgtop8.com/event?e=770&d=207943&f=ST)(2010 - Mtgtop8) [link](https://www.mtgtop8.com/event?e=2245&f=ST)(2011 - Mtgtop8) [link](http://mtgtop8.com/event?e=2818&f=ST)(2012 - Mtgtop8) [link](http://www.mtgtop8.com/event?e=5383&d=231090&f=ST)(2013 - Mtgtop8) [link](https://magic.wizards.com/en/events/coverage/2014WMC/top-4-standard-decklists-2014-12-07)(2014 - Wizards of the Coast) [link](https://magic.wizards.com/en/events/coverage/2015wc)(2015 - Wizards of the Coast) [link](https://magic.wizards.com/en/events/coverage/2016wc)(2016 - Wizards of the Coast) [link](https://magic.wizards.com/en/events/coverage/2017wc/tournament-results-and-decklists)(2017 - Wizards of the Coast) [link](https://mtgtop8.com/event?e=20145&d=331145&f=ST)(2018 - Wizards of the Coast)

Compartilhe: