Profile Main Image

Arinaldo

O impacto da Granada Goblin no Pauper: Red Deck Wins

Aqui é o Ari e no artigo de hoje analisaremos uma das principais adições que a oficialização do Pauper nos trouxe: a Granada Goblin...

Fala Galera o/ Aqui é o Ari e no artigo de hoje analisaremos uma das principais adições que a oficialização do Pauper nos trouxe: a [card](Granada Goblin)... [image](https://cdn.cardsrealm.com/images/cartas/en/ddt-duel-decks:-merfolk-vs-goblins-goblin-grenade-45.jpg) Nos últimos anos eu sempre defendi e desejei muito o reprint da carta como comum no MOL, apesar dela ser um feitiço que custa apenas uma mana e pode causar 5 pontos de dano à qualquer alvo, na minha opinião o seu power level está bem adequado ao Pauper. Com oficialização e unificação que ocorreram no dia 2 de julho de 2019, a Granada e mais outras centenas de cartas finalmente se tornaram válidas no formato. Logo após o anúncio da unificação, existiam muitas expectativas em relação ao uso da nova carta, principalmente em dois decks conhecidos do formato: Goblins e RDW. A grande dúvida era exatamente a seguinte: Qual desses decks faria melhor proveito da Granada? Sendo bem objetivo, a resposta é RDW. Basta analisar os resultados dos últimos eventos Pauper para percebermos qual versão está se dando melhor. Sabemos que a vida não está maravilhosa para os Mono Reds, e infelizmente a Granada ainda não se mostrou tão impactante como alguns estavam imaginando, porém a carta é sim muito forte e com certeza está fazendo a diferença nesses decks. No MOL, o player que obteve melhor resultado até o momento com a Granada foi o MICHERN, que terminou o Pauper Challenge do dia 14 de julho na décima posição. Outras versões de listas bem parecidas com essa também apareceram no top 32 de outros Challenges, ou fazendo 5-0 nas ligas do MOL. [deck](10813) A Granada Goblin se encaixou perfeitamente na estratégia do RDW, que é um deck mais explosivo e busca causar a maior quantidade de dano na menor quantidade de turnos possíveis. Para isso é necessário contar com algumas criaturas não Goblins: [image](https://cdn.cardsrealm.com/images/uploads/1563854448.png) [card](Familiar Chacal): Mais uma criatura drop 1 com um bom corpo, super importante para manter o deck menos vulnerável aos Eletrotruques. [card](Emissário da Árvore Flamejante): A criatura não Goblin mais importante do deck porque além de possuir um bom corpo, ela possibilita o "free cast" de praticamente todas as cartas do deck, desde uma criatura 2/2 com haste, até um Raio ou um Chain Lightning. [card](Relâmpago do Vale): Uma criatura que não parece tão boa quando analisada individualmente, mas que se encaixa perfeitamente na estratégia do RDW. [image](https://cdn.cardsrealm.com/images/cartas/crop/dds-duel-decks:-mind-vs-might-burning-tree-emissary-55.jpg) O RDW é isso: velocidade e agressão. O deck não abusa da sinergia tribal que os Goblins costumam oferecer, mas isso não é um impeditivo para a utilização da Granada no Deck (tanto é que a lista do MICHERN utiliza 4x cópias). O "kit burn" do RDW pode variar de acordo com o gosto de cada jogador. Eu tenho optado por utilizar 4x [card](Raio), 2x [card](Chain Lightning), 3x Granada Goblin e 2x [card](Explosão de Fogo). Acaba sendo comum situações em que se utiliza Raio ou Chain Lighthning para abrir caminho para as criaturas do deck, já que elas possuem corpos relevantes e que podem até causar os mesmos 3 pontos de dano caso seja encaixado um [card](Bushwhacker kickado). Além desse overview, para aqueles que decidirem se aventurar com o deck, eu acho importante que estejam cientes de alguns pontos: *O deck não está em alta*: Competitivamente falando, existem outras opções de decks aggro que estão obtendo melhores resultados: [link](https://magic.wizards.com/en/articles/archive/mtgo-standings/pauper-challenge-2019-07-22)(No último Challenge por exemplo) (21 de julho), tivemos uma final entre Stompy e Mono W Heroic. Sem contar o Affinity e Elfos que também fizeram bons resultados recentemente. *Enfrentarás o hate alheio*: Os principais decks do formato possuem boas maneiras de lidar com o RDW. *Jeskai*: [card](Hydroblast), [card](Seeker of the Way), [card](Lone Missionary) (que interage com [card](Efemarar) e com os Passarinhos). *Boros*: [card](Prismatic Strands), [card](Radiant Fountain), [card](Seeker of the Way) e [card](Lone Missionary); *Tron*: [card](Hydroblast), [card](Pulse of Murasa), [card](Moment's Peace), [card](Stonehorn Dignitary), [card](Weather the Storm); *Affinity*: [card](Hydroblast), [card](Krark Clan Shamman), [card](Electrickery). O deck exige certa Experiência: Alguns jogadores podem ter a falsa sensação de que o deck é fácil de se pilotar, mas na prática o deck exige diversas tomadas de decisões no turnos iniciais que irão premiar as escolhas corretas e punir os menores erros... Ainda podemos dizer que o Pauper está se adaptando às mudanças que aconteceram recentemente, faz apenas 3 semanas que a Granada está jogando no formato... Eu continuarei acompanhando a utilização da carta, mas por enquanto sem apostar muito na versão tribal. Acredito que a falta de explosão acaba deixando o esse tipo de deck mais vulnerável aos mid ranges, que estão conseguindo estabilizar a partida cada vez mais rápido com uma base de mana corrigida pelo do Astrolabe. E você? Como avalia a Granada Goblin no Pauper? Deixe sua opinião na seção de comentários o/

Compartilhe:

Nota

0

Profile Main Image

Arinaldo

Analista de Sistemas em São Paulo. Jogador e produtor de conteúdo sobre MTG. Criador e apresentador do Canal e Podcast Mana Delver. Apesar de ser apaixonado pelo Pauper, também joga e aprecia todos os outros formatos.

Social

User profile image
Profile Main Image

Hiero

MMORPG de Magic Anunciado


Um novo jogo de MMORPG (Massive Multiplayer Online RPG) baseado no multiverso do popular jogo de cartas *Magic: The Gathering* está chegando, e está sendo desenvolvido pela Cryptic Studios. De acordo com o comunicado de imprensa, "o AAA RPG está sendo desenvolvido para PC e console". Embora a Cryptic Studios não tenha revelado detalhes de jogabilidade sobre o novo MMORPG, o site deles revelou que os jogadores desempenharão o papel de um Planeswalker, então é provável que eles possam atravessar o multiverso de Magic. [image](https://cdn.cardsrealm.com/images/uploads/1565189745.jpg) *Stephen D'Angelo*, CEO da Cryptic Studios, disse sobre o anúncio: "Tudo, desde os gráficos até a jogabilidade, está sendo direcionado para um jogo AAA verdadeiramente único. Estamos entusiasmados em fornecer aos fãs de Magic uma oportunidade de explorar os mundos e personagens do jogo através de uma ótica totalmente nova. Prepare-se para embarcar em uma nova jornada." *David Schwartz*, Vice-Presidente da Digital Publishing da *Wizards of the Coast*, disse: "Este jogo é uma parte empolgante da iniciativa Magic Digital Next da Wizards of the Coast para estender a jogabilidade além da mesa, e estamos orgulhosos de trabalhar com a talentosa equipe da Perfect World Entertainment e Cryptic Studios para dar vida ao Multiverso Magic: The Gathering." A Cryptic Studios é conhecida por desenvolver jogos MMORPG como *Neverwinter, City of Heroes, Champions Online e Star Trek Online*. Não há nenhuma palavra ainda sobre como o MTG MMORPG será chamado, mas nós da Cards Realms, divulgaremos quaisquer informações sobre o desenvolvimento do jogo. [image](https://cdn.cardsrealm.com/images/uploads/1565189814.png) *PS*: Jogo AAA - Classificação utilizada para jogos com os maiores orçamentos e níveis de promoção. Referência: [link](http://epicstream.com/news/JakeVyper/Magic-The-Gathering-MMORPG-in-Development-From-Cryptic-Studios)(EpicStream) [link](https://www.dailyesports.gg/magic-the-gathering-mmorpg-cryptic-studios/)(Dayly Esports - Capa)

Compartilhe: