Profile Main Image

InvoKando

O Planeswalker misterioso de Ikoria

Um planeswalker misterioso está controlando o Ozólito e acelerando a mutação dos monstros de Ikoria. Quem é ele? Vamos tentar desvendar isso.

Se você ainda não leu o livro Ikoria: Lair of Behemoths - Sundered Bond, já vou avisando que esse artigo vai ter muitos SPOILERS. Agora, se você já leu o livro, viu os vídeos da história de ikoria lá no meu canal (InvoKando) ou não se importa com spoilers, vem comigo nessa teoria. [image](https://cdn.cardsrealm.com/images/cartas/crop/iko-ikoria:-lair-of-behemoths/the-ozolith-237-min.jpeg) Nessa teoria vou tentar desvendar um dos maiores mistérios do livro, quem é o planeswalker que Vivien Reid está caçando? Quem é a voz dentro do Ozólito? O livro conta a história de Lukka e sua ligação com o felino alado que matou seu esquadrão, por causa de vinculo ele foi considerado um traidor da humanidade e teve que fugir de Drannith com ajuda da sua noiva Jirina Kudro. Durante a fuga da cidade, Vivien Reid aparece e começa a ajudá-lo na busca pelo felino que destruiu sua vida, por que ela está fazendo isso? A planeswalker verde diz que está curiosa, os monstros de Ikoria são incomuns, eles sofrem mutações não naturais influenciadas por algum tipo de energia vinda dos cristais do plano, ela quer desvendar esse segredo e encontrar aquele que pode estar por trás desses eventos. Um planeswalker que ela descreve da seguinte maneira. “Eu vim aqui para estudar o seu mundo, como lhe disse, mas também porque temia que outro da minha espécie tivesse chegado aqui primeiro. Não o conheço há muito tempo, mas é da sua natureza intrometer-se.” A frase final dela é importante para essa teoria. “Não o conheço há muito tempo, mas é da sua natureza intrometer-se.” É como se essa frase valesse para nós, não é um planeswalker antigo que a gente está cansado de ver, mas um que a gente conheceu a pouco e calma que vamos ter mais dicas. Durante a batalha do Ozólito entre os vinculadores e os pesadelos, Lukka consegue chegar no centro da formação de cristais e lá, ele entra em contato com esse planeswalker misterioso e só pelo modo dele conversar dá pra ter uma ideia da sua personalidade. “Por favor, amigo, pare de lutar. Eu não estou ‘aqui’ mais do que você está, e me dói vê-lo se debater como um peixe fora d´água. Quanto a quem eu sou, meu nome significaria pouco para você. Digamos que sou uma parte interessada e deixemos assim.” Essa arrogância te lembra alguém que conhecemos há pouco tempo? Mais uma frase do ser misterioso. “Eu não fiz nada do que eles não fariam por conta própria. Apenas acelerei um pouco suas tendências naturais. Digamos que eu dei apenas um pequeno empurrão.” “Sem dúvida, aconteceria a vingança mais tediosa de todas. O fim da minha existência, e, no entanto, tudo o que eu quero fazer é ajudar.” Nem quando o inimigo está perto, ele deixa sua arrogância de lado, é bom lembrar que ele fala isso para o Lukka que está preso e revoltado pelos ataques dos monstros a Drannith. Prender sua vítima em algum tipo de feitiço, manipular os eventos para destruir a civilização, fala em tons de irônicos, fazendo piadas, se intromete e conhecemos ele há pouco tempo. O Conhecemos em Eldraine na verdade. O planeswalker que mudou o Ozólito e está na cabeça de Lukka é o nosso ladrão de coroas, Oko. Sim, o Fey que deu trabalho em todo formato do Magic e que foi banido de quase todos eles e não é só no card game que ele deu trabalho. Se você leu o livro de Eldraine, sabe que Oko é a estrela da história (carregou o livro nas costas). Nas vezes que ele apareceu, deu para perceber sua arrogância e seu carisma. Tanto que só pelas as frases da “voz” do Ozólito te dá a sensação que realmente é ele e que a qualquer momento um monstro vai se transformar em Fey e revelar que é o Oko. Mas apesar de ficar até o final do livro falando na cabeça de Lukka, ele não aparece. Nas cartas ele também não aparece, a Errante aparece, mas o planeswalker do Ozólito, não. Aliás, as cartas e o livro, tem uma “vibe” diferente, as cartas dão a impressão que Lukka e o felino alado são bons companheiros e no livro, não é bem assim, mas o livro é muito bom, fazia tempo que não tínhamos uma lore legal de magic. Voltando para o nosso Oko, tem mais alguns pontos que reforçam essa teoria, a habilidade mais legal da coleção (não, não é companheiro) a Mutação, é predominante nas cores Simic, as cores do nosso Oko, 14,7% das criaturas com mutação são azuis e outros 14,7 são verdes. Ele acelerou a mutação, as cores que ele domina, entendeu? Na parte que Vivien disse que o conhece há pouco tempo, eu pensei em todos planeswalkers que ela conheceu durante a guerra da centelha e nenhum deles parece agir de forma tão arrogante. No entanto, esse encontro pode ter acontecido “fora de cena”. Esse encontro pode ter acontecido em Zendikar, pois Oko conhecia o fragmento de Edros preso em Garruk e Vivien tem um Vorme de Pelakka (criatura nativa de Zendikar) no seu Arco Bestial. A Vivien nos dá mais dicas, no livro ela invoca duas vezes um Alce que é representado por essa carta: [image](https://cdn.cardsrealm.com/images/cartas/en/m20-core-set-2020-ethereal-elk-299.jpg?78728) Sim. Um alce 3/3. A Vivien encontrou com o Oko em algum momento e teve algo grande entre eles. Então é isso que sabemos. A Voz é arrogante e da “zoeira”, é um homem segundo Vivien, o que tira o Ashiok da jogada. Eu realmente pensei que poderia ser o Ashiok por causa dos pesadelos, mas ele estava tão feliz para ir encontrar os phyrexianos que não faria sentido parar em Ikoria e não é do estilo dele falar de uma forma tão irônica. E o intrometido é um telepata, pois Lukka descreve a voz na sua mente, lendo seus pensamentos. É isso, essa é a Toeria do Oko em Ikoria, eu estou gostando dos rumos que a lore tá tomando, voltando aos poucos ao trilho, esse livro de Ikoria mostrou um desenvolvimento da Vivien que sai uma personagem muito melhor depois desse livro. A Narset apesar de ser mencionada, mas não tem nada mais do que a menção. Lukka se torna um planeswalker só no final do livro, mas seu caminho até acender a centelha demonstrou que é um personagem impressionante e promete dar trabalho pelo multiverso. Um detalhe é que parecia que voz do Ozólito realmente mudou sua mente, o influenciou, o fez sair de soldado protetor da humanidade a vilão. Mais um ponto pro Oko, ele foi capaz de controlar o Garruk corrompido pelo véu metálico, controlar o Lukka, seria fácil, fácil. Estou ansioso pra ver o Oko novamente (em um card mais justo ou só na história), ele vai ser o futuro grande vilão do Magic, anota aí, além dele temos o Ashiok indo para nova phyrexia, muitos bons personagens interessantes para o futuro do Magic. Será que teremos uma liga de vilões e novas Sentinelas? Vamos teorizar mais nos comentários. [image](https://cdn.cardsrealm.com/images/cartas/crop/peld-throne-of-eldraine-promos-oko-thief-of-crowns-197p-min.jpeg) Veja os vídeos da lore de Ikoria: [youtube](https://youtu.be/oELjYLGK2Y4)

Compartilhe:

Nota

0

Profile Main Image

InvoKando

Meu nome é Marcos, apaixonado pela lore do Magic: The Gathering. Editor e criador de Conteúdo no canal InvoKando.

Social Facebook brands iconYoutube Brands iconInstagram Brands icon

User profile image