Profile Main Image

Silinhas

Report do campeão do LEGACY UAI - RUG Delver

Diego Ganev, jogador da Liga Paulista de Legacy-LPL, conta como foi sua trajetória para se sagrar campeão do LEGACY UAI que ocorreu dia 06/07/19 em Pouso Alegre-MG.

Diego Ganev, jogador da Liga Paulista de Legacy-LPL, conta como foi sua trajetória para se sagrar campeão do LEGACY UAI que ocorreu dia 06/07/19 em Pouso Alegre-MG: Olá, pessoal. Meu nome é Diego Ganev e este é um rápido report do torneio que ocorreu no dia 06/07 em Pouso Alegre/MG. Minhas opções de baralho eram Elfos, UR Delver já com listas sólidas ou uma experiência que me pareceu bastante promissora. O RUG Delver clássico com algumas cópias de Wrenn and Six que, apesar de diminuir o número de instants e sorceries para flipar o Delver, aumenta muito o potencial do baralho. Utilizei 3 cópias no MD e possivelmente incluiria a quarta no SB, dependendo do field (lands e control). Não fiz anotações do torneio então a narrativa não é 100% accurate. Também não recordo o nome de todos oponentes então não citarei nenhum haha *Primeiramente, vamos a deck list:* [deck](10650) [image](https://cdn.cardsrealm.com/images/uploads/1563128070.jpg) *Apresentado o deck, vamos ao report:* *R1 – 4c Loam* G1 meu oponente começou com Bayou. Fiz Delver e tomei Wasteland. Fiz outro Delver e tomei outra Wasteland. Meu oponente joga então Scrubland para Dark Confidant. Faço Brainstorm no passe para enfim flipar ambos Delvers, volto de Wrenn matando o dark confidant e meu oponente concede. O coloco em Abzan Stoneblade e então subo os cards para destruir artefatos. G2 meu oponente começa de Mox, land, Cálice para 1. Ugh. Faço land e passo, ele faz outro Cálice para 1. Nos dois seguintes turnos fiz Wasteland com Wrenn. Quando quebro a mox recapitulando o Ancient Grudge e deixo o segundo cálice intacto meu oponente concede sem esperanças após perder um land drop. Sim, eu iria quebrar o outro cálice depois hehe. 1-0 no total *R2 – Jeskai Blade* G1 se baseou na força do Wrenn. TNN encarava meu Tarmogoyf 4/5 e o jogo seguia morno. Fiz Wrenn e vou subindo, melhorando meus Brainstorms. Faço um Delver e então chega o turno derradeiro. Meu oponente ataca o Wrenn com seu TNN e o finaliza com Snap + Bolt. Assim consigo dar Bolt no Snap e bater 8 (Goyf + Delver), deixando-o com 4 de vida. No turno seguinte ele encontra a fetch para achar mana branca e jogar a Stoneforge mas é muito tarde para parar o Delver. G2 keepei uma boa mão que não tinha cantrips e só tinha um land (é, talvez não seja uma mão tão boa hehe) que não vingou. Meu segundo land só apareceu após algumas brigas desajeitadas e meu oponente resolvido um TNN. G3 não me recordo perfeitamente, mas no play pude exercer pressão e proteger dois mangustos, acredito. 2-0 no total *R3 – BR Reanimator* G1 um mix de counters + Delver atrapalham bem meu oponente. Se não me engano um Stifle turno 1 na fetch também ganhou um tempo precioso. G2 tive uma escolha difícil no meio do jogo, onde poderia deixar um Reanimate na Iona resolver e deixá-lo com 6 de vida (eu com bolt na mão) ou gastar minha Surgical que era a única interação real no jogo. Um Vapor Snag em minha mão abriu a linha da ganância, onde eu poderia voltar a Iona para a mão e bater com o Delver, ainda protegido pela Surgical. Por ficar com pouca vida, cogitei que meu oponente nomearia vermelho. De toda forma, eu ainda tinha os outs de criaturas verdes caso ele nomeasse azul. E foi o que aconteceu: azul nomeado, Snag morto e comprei só cartas azuis haha. Dou surgical no Griselbrand mas o Exumar resolve com Sire of Insanity que me matava lentamente enquanto a Iona olhava pro Delver. G3 consigo impor um pouco de pressão e meus counters se alinham perfeitamente com as três tentativas de meu oponente. Inclusive a última delas sendo Animate Dead e minha última carta na mão sendo um asfixiar da salvação. Ufa! 3-0 no total *R4 – BG Depths* (Stream) G1 ambos mulligamos a cinco e ocorre um jogo bem morno onde tomo diversos descartes e meu oponente não consegue combar. Bem devagar vou conectando com as criaturas enquanto tento manter uma Wasteland a postos e venço. G2 mulligan a cinco novamente, no entanto meu oponente keepa 7. Tomo muitos descartes, troféu e Wasteland me deixam com 0 terrenos mas continuo o jogo. Obrigo meu oponente a trocar uma Hexmage + um Dark Confidant pelo meu mangusto 3/3 (ele tinha 7 de vida nesse momento e eu tinha uma Wasteland mantendo o Depths em cheque). Após vários turnos meu oponente continua aparentemente com muitas respostas e pouco proativo, então apesar de tomar um Choke consigo dar os últimos 2 Bolts para finalizar a partida. 4-0 no total *R5 – BR Goblins* G1 ganho no dado e começo de Delver. Meu oponente faz Lacaio. Flipo o Delver com raio e jogo Wrenn, dando 1 de dano. Meu oponente joga um Mogg War-Marshall (com Badlands + Caverna). Compro uma Wasteland e já tenho um plano traçado. Quebro a caverna, volto Wasteland pra mão e passo sem atacar. Meu oponente tenta um Munitions Expert que toma force e ele concede já sabendo o que ocorreria no resto da partida. G2 se baseou em 2 Tarmogoyfs na mesa pressionando meu oponente que fez Therapy pra Delver (não tinha) mas depois jogou lacaio e recapitulou para descartar meu Wrenn. Quando os Goyfs eram letais joguei um Rough // Tumble para limpar os blockers e bater forte. 5-0 no total *R6 – BR Reanimator* G1 perco no dado e keepo sem muitas pretensões 3 lands, Daze, 2 Ponder, Brainstorm. Meu oponente faz Unmask, tira o Daze e passa. Compro land, faço o Ponder. Embaralho, compro outro land. Ele faz outro Unmask e bota um Griselbrand na mesa. Concedo em seguida hehe. G2 ambos mulligamos e keepo uma mão com uma boa defesa mas sem criaturas. Algo como 2 lands, 2 Pierce, 1 FoW, 1 Stifle, 1 Ponder. Logo compro um Mangusto e um Goyf que levam o game. G3 no draw era mais desafiador. E a mão que abro até brilha os olhos haha. 3 Surgicals, 3 lands, 1 Ponder. Bom, se não tomar cabal therapy é praticamente impossível perder. Vamos lá. Meu oponente mulliga a cinco e começa com uma ótima mão: Revela Chancellor, faz Unmask em si mesmo. Land, Reanimate. Wow. Uso 2 Surgicals e me mantenho seguro. Acabo o jogo com 2 criaturas na mesa contra um land de meu oponente e minha mão ainda tinha 3 counters e uma Surgical. Missão cumprida! 6-0 no total *R7 BG Depths* Aceito o ID sugerido pelo oponente. Assim eu garantia o primeiro lugar enquanto as duas primeiras mesas não cairiam para além de quarto lugar. Bom pra todos hehe E assim foi finalizada a saga do Sul de Minas. Foi muito legal rever um pessoal de BH e também, como sempre, a viagem com a galera de SP que é muito unida. Wrenn é o novo Deathrite? Em breve saberemos. O que eu sei agora? É que ele chegou e não veio pra brincadeira haha. [image](https://cdn.cardsrealm.com/images/uploads/1563125968.jpg) E essa foi a saga de Diego Ganev para levar o caneco. Além deste belo troféu, Ganev arrematou uma premiação de R$ 1.500,00 em dinheiro + Inscrição e bye2 para o [link](http://www.nacionallegacy.com.br/)(Nacional Legacy), que ocorre em Belo Horizonte nos dias 29, 30 de novembro e 01 de dezembro de 2019. Lembrando que o NL 2019 premiará com 21 Old Duais este ano, vejam só a estrutura da premiação: 1º Colocado: 2 Undergorund Sea + Badlands 2º Colocado: 2 Volcanic Island 3º e 4º Colocados: Tropical Island + Savannah (Pode ser que as Tropical virem Tundra – a definir) 5º ao 8º Colocados: Tropical Island 9º ao 12º Colocados: Scrubland 13º e 14º Colocados: Taiga 15º e 16º Colocados: Plateau Incrível não?! Mais incrível foi o Ganev que já saiu na frente nesta disputa ao garantir bye2 no Legacy UAI.

Compartilhe:

Nota

0

Profile Main Image

Silinhas

Idealizador do Legacy UAI

Social Facebook brands icon

User profile image