Profile Main Image

Leon

Revelados playmat de londres e acessórios novos

O Magic: The Gathering's Mythic Championship II acontecerá em Londres, Inglaterra, na próxima semana, e os jogadores receberão um novo playmat para o evento.

O Magic: The Gathering's Mythic Championship II acontecerá em Londres, Inglaterra, na próxima semana, e os jogadores receberão um novo playmat para o evento. O playmat apresenta a arte deslumbrante de Liliana usando o véu enquanto comanda um exército de Eternos. Foi ilustrado por Daarken. Confira: [image](https://cdn.cardsrealm.com/images/uploads/1555895233.jpg) Já que o evento ocorrerá junto com a estreia de War of the Spark, não é surpreendente ver obras de arte do novo conjunto serem apresentadas no Mythic Championship II. O UltraPro também revelou seus novos acessórios e eles incluem mais de 100 caixas PRO Deck e shields com obras de arte do novo conjunto. • Gideon Blackblade - Ilustrado por Viktor Titov • Liliana, Dreadhorde General - ilustrado por Chris Rallis • Nicol Bolas, deus-dragão - ilustrado por Raymond Swanland Confira: [image](https://cdn.cardsrealm.com/images/uploads/1555895398.png) Você está planejando adquirir estes novos acessórios? Guerra da Centelha será lançada em 3 de maio de 2019. Os eventos de pré-lançamento ocorrerão de 27 a 28 de abril. Estará disponível em versão digital no Magic Arena no dia 25 de abril.

Compartilhe:

Nota

0

Profile Main Image

Leon

Programador do site da Cards Realm. O Magic vai muito além das cartas. Somos pessoas, uma comunidade enorme.

Social

User profile image
Profile Main Image

Leonardo

Fazendo Day 2 com Devoted Company


Falemos de Devoted Company, Vizier Devoted, GW Devoted, Selesnya Company, Counters Company ou como preferir chamar. A própria Channel Fireball fez o favor de nomear o meu deck de duas formas diferentes em suas publicações a respeito do Day 2 do Main Event do Magic Fest São Paulo 2019. [deck](6554) Para os novos por aqui, o deck é sobre conseguir reunir um [card](Devoted Druid) não enjoado e um [card](Vizier of Remedies). [image](https://cdn.cardsrealm.com/images/cartas/en/shm-shadowmoor-devoted-druid-110.jpg) [image](https://cdn.cardsrealm.com/images/cartas/en/akh-amonkhet-vizier-of-remedies-38.jpg) Como podem reparar, essa combinação nos permite gerar o quanto for necessário de mana verde, desvirando o druida incessantemente. Ok, mas o que fazer com essa mana? Essa provavelmente vai ser a principal resposta para muitas das perguntas sobre o deck, mas... depende da lista. No caso da lista que usei no Magic Fest, a ideia é encontrar a solitária [card](Walking Ballista) e resolvê-la para X = 10000000 ou apenas um número grande o suficiente para matar o seu adversário com alguma folga. Para encontrá-la, iremos utilizar a habilidade do [card](Duskwatch Recruiter) repetidamente. Uma “win condition” secundária da minha lista é utilizar o terreno [card](Kessig Wolf Run) e atacar com o próprio druida não enjoado. Nas demais listas vocês podem encontrar combos com Rhonas the Indomitable, Mirror Entity, Shalai, Voice of Plenty, entre outros. [image](https://img.scryfall.com/cards/large/front/3/2/329a8738-3e17-403a-857a-0ba529ce8cd1.jpg?1543701177) [image](https://img.scryfall.com/cards/large/en/soi/203a.jpg?1518204802) [image](https://img.scryfall.com/cards/large/front/4/a/4a8447fe-7368-470a-911a-1083ec6cc831.jpg?1545409102) E se eu tiver meu combo exilado ou o oponente simplesmente tem tanto removal que não consigo desvirar com o druida em campo? Isso é algo que vai acontecer com frequência, após a ascensão do UR Phoenix, todos jogam com mais removals e surgical no sideboard. Buscando contornar isso, busquei uma lista que me proporcionasse uma forte estratégia midrange. Assim, contaremos com cartas com [card](Knight of the Reliquary), [card](Eternal Witness), [card](Militia Bugler) e todo o sideboard que pode entrar no lugar de peças do combo. Sim, é exatamente o que estão pensando, em muitos matchups eu reduzo demais a quantidade de cada peça do combo e confio que meu sideboard e minha estratégia de midrange darão certo. [image](https://img.scryfall.com/cards/large/en/con/113.jpg?1517813031) A lista sempre tem alguns slots livres e isso possibilita com que você pegue uma lista pronta, mas dê a sua cara ao deck. Considero que meu deck possui cinco slots discutíveis, que são: • 2 [card](Militia Bugler) • 1 [card](Scavenging Ooze) • 1 [card](Courser of Kruphix) • 1 [card](Ramunap Scavator) Esses slots são importantes e devem ser adaptados ao seu meta local. Optei pelo Ramunap, por exemplo, pois esperava encontrar muitos jogadores de Tron, Titanshift e Amulet Titan no Magic Fest. Ooze contra Dredge e Phoenix. Couser na expectativa de ser emparceirado contra Burn e afins. Os Bugler eu acho extremamente fortes quando caem no Company, me permitindo olhar boa parte do deck e escolher o que for mais relevante. Outras cartas que poderiam pensar em utilizar nesses slots são: • [card](Renegade Rallier) • [card](Knight of Autumn) • [card](Rhonas the Indomitable) • [card](Remorseful Cleric) • [card](Selfless Spirit) • [card](Voice of Resurgence), • [card](Tireless Tracker), dentre inúmeras outras. Como disse, devem adaptar ao metagame da sua loja ou região. O deck não tem um matchup fácil contra UR Phoenix, que representava quase 20% do metagame, e mesmo assim escolhi utilizá-lo no Main Event do Magic Fest e o motivo é simples: acredito que seja melhor jogar com um deck que considero entender em sua totalidade e adaptá-lo o quanto for necessário ao meta do que pegar um deck de última hora e não extrair o melhor do mesmo, apenas na expectativa de encontrar jogos favoráveis. Fechei o primeiro dia do Magic Fest 6-2, ganhando de um UR Phoenix com adaptação que comentei anteriormente, se não me engano foram 9 ou 10 cartas que entraram do side. Além desse, encontrei Humanos, Tron (duas vezes), Titanshift, Dredge, Bogles e Affinity. Não acho que tenha cometido nenhum erro grave, nada que mudaria algum resultado e acredito que as partidas que perdi foram por falta de sorte, nada que o deck não possa resolver em encontros futuros. Para compensar meu Collected Company não encontrando nenhuma criatura em um dos jogos que perdi, tive a oportunidade de “topdeckar” um [card](Kataki, War's Wage) que praticamente ganhou o jogo sozinho contra o Affinity. No segundo dia encontrei Humanos, Death and Taxes, UR Phoenix, Grixis Death Shadow, Titanshift e fui até a penúltima rodada com chance de premiar, mas tive a infelicidade de encontrar um Storm e começar na draw. Essa match costuma ter o primeiro game decidido no dado, uma vez que nenhum dos dois decks tem muitas formas de interagir com o outro, quem começa acaba saindo vitorioso. Após o side, acho que a match fica um pouco mais favorável para o Devoted Combo, pois temos muitas cartas no sideboard que podem atrasar bastante o Storm. Infelizmente não comprei muito bem e o mulligan castigou bastante, acabando com minha chance de premiação. Assim, fechei o segundo dia 4-3, totalizando 10-5 e a 108ª posição dentre os quase 1400 jogadores. Um resultado que me deixou bastante contente, considerando que foi meu primeiro Magic Fest (ou Grand Prix). Para mais informações sobre decks similares: foram para o Day 2 desse Magic Fest São Paulo outros 3 Devoted Combo. Um deles era o clássico Abzan, que conta também com o combo do [card](Kitchen Finks), [card](Viscera Seer) e [card](Vizier of Remedies). Outro usou uma estratégia pouco convencional em builds de Devoted Combo e optou por utilizar [card](Chalice of the Void) e [card](Simian Spirit Guide), tech que foi utilizada por muitos decks para tentar parar o UR Phoenix. O último dos 4 classificados não teve a lista divulgada, mas pelo nome “Devoted Evolution”, acredito que deve ser bem parecido com o deck que fez Top 16 no Main Event de Tampa. Um deck que é mais toolbox de criaturas e confia na força do [card](Eldritch Evolution) em detrimento de cartas como [card](Chord of Calling). Como podem ver, os 4 Devoted Combo que fizeram bons resultados no evento eram extremamente diferentes, então não há certo ou errado, os 4 eram competitivos e cada jogador soube extrair o melhor de sua própria versão. Deixo para todos aqui a lista que utilizei no Magic Fest São Paulo 2019. Sintam-se a vontade para tirar dúvidas ou fazer sugestões.

Compartilhe:

Profile Main Image

Leonardo

Jogador de combo nas horas vagas. Viciado em todos os Card Games. Redator da Cards Realm

Social