Top 10 melhores Commanders Pré-Construídos

Magic: the Gathering

Opinião

Top 10 melhores Commanders Pré-Construídos

11/06/22 Comment regular icon1 comentários

Um Top 10 sobre os melhores Commanders Pré-construídos de todos já lançados, rankeados através de Comandante, Sinergia, Staples e Possíveis atualizações.

Writer image

revisado por Tabata Marques

Editar artigo

TOP 10 Commanders Pré-Construídos

Fala galera, Professor Rakdos aqui! Esse é o meu primeiro artigo aqui na Cards Realm, e falarei sobre um assunto que me agrada muito: Commander! Nada melhor do que iniciar com um artigo falando sobre como começar — e a melhor forma de você começar nesse formato tão querido e tão amado pela maioria dos jogadores de Magic é comprando um

deck pré-construído

pela própria Wizards e depois explorar novas construções. Por isso, nesse artigo, separei um Top 10 dos melhores Commanders Pré-Construídos!

Ad

Critérios

Para definir esse TOP 10, desenvolvi alguns critérios para entendermos o motivo de cada deck aqui. São os seguintes: 1º -

Comandante Forte

: O quão forte o comandante é por si só, o impacto dele individualmente e na construção do deck; 2º -

Sinergia

: Quais são as cartas com sinergias fortes, que tem interações que vão aumentar a sua vantagem; 3º -

Staples

: Quais cartas tem no deck que se vocês tiverem, podem ir na maior quantidade de outras listas; 4º -

Atualizações

: Quão fácil é de atualizar o deck, sem mudar muito da estratégia inicial, e quais variações podem ser criadas. Cada critério receberá uma nota entre 1 e 5, a média define a posição dele no ranking final.

10) Kamigawa Neon Dynasty – Buckle Up

Loading icon
Esse deck foi lançado recentemente e me surpreendeu muito, ainda mais porque a principal força do precon foi uma carta que, por padrão, vem dentro das 99: Shorikai, Genesis Engine, um veículo que pode ser seu comandante e te dá uma vantagem absurda. Levando isso em consideração, realizei a troca do comandante, que originalmente seria a Kotori, Pilot Prodigy.
Loading icon
Algumas construções com Shorikai já estão vendo jogo em cEDH, pela habilidade dele já ser feita quando baixa, afinal quando ele entra em jogo é um veículo e não uma criatura — portanto não sofre de “enjoo de invocação” e você faz uma seleção de cartas na sua mão, normalmente descartando algo que não será tão eficiente e comprando duas cartas. Além disso, você deixa uma criatura forte, fora que existem formas no próprio pré-construído de fazer o comandante virar criatura de forma mais rápida do que apenas tripulando — e um 8/8 batendo sempre deve ser respeitado.
Loading icon
Uma das cartas que me chamam a atenção nessa lista, e pode ser considerada uma Staple, é a Mirage Mirror. Ela é bastante versátil, podendo copiar cartas dos oponentes também, e isso te traz muita vantagem. Um jeito de atualizar o deck de forma bem eficiente é adicionando mais veículos, principalmente os de Kaladesh. Alguns exemplos são Heart of Kiran ou Smuggler's Copter. Resumindo: esse precon chegou recentemente e já abocanhou o 10º lugar da nossa lista, muito por conta do Shorikai, Genesis Engine! - Comandante Forte ☆ ☆ ☆ - Sinergia ☆ ☆ ☆ - Staples ☆ ☆ - Upgrades ☆ ☆ ☆

9) Commander 2019 – Merciless Rage

Loading icon
Esse precon lançado no Commander 2019 com a famosa Anje Falkenrath é, na minha opinião, um dos melhores lançamentos dessa coleção.
Loading icon
Apesar de termos o famigerado (que ainda pode ser banido) Dockside Extortionist no deck da Sevinne, the Chronoclasm, o deck da Anje Falkenrath acabou mostrando muita resiliência e sinergias bastante interessantes — justamente por trabalhar muito da habilidade

Loucura

(toda vez que você for descartar uma carta com Loucura, você pode exilá-la e conjurá-la pelo custo de Loucura ou colocá-la no cemitério), e a Anje Falkenrath diz que toda vez que você descarta uma carta com Loucura, você pode desvirá-la para ativar a habilidade de novo.

Ad

Loading icon
A lista trouxe poucas Staples, mas uma que destaco é a Hedron Archive, sendo um Ramp bem decente em estratégias sem verde, além de uma carta nova, Bone Miser, que, na prática, é um Waste Not em forma de criatura, podendo inclusive colocar as duas no deck — o que é ótimo. Uma das construções bem comum da Anje Falkenrath é seguir a ideia de

Rodas

(inspirada na carta Wheel of fortune), cartas que fazem com que todos troquem as mãos — sendo que você se beneficia com os efeitos da habilidade Loucura, enquanto os outros jogadores apenas descartam e compram, ou só descartam mesmo. É possível utilizar cartas como Megrim, Liliana's Caress, entre outras que vão te dar mais vantagens ainda vendo os oponentes descartarem. - Comandante Forte ☆ ☆ ☆ - Sinergia ☆ ☆ ☆ - Staples ☆ ☆ - Upgrades ☆ ☆ ☆

8) Commander 2017 – Draconic Domination

Loading icon
O que falar de um deck que joguei pouco, mas considero muito? Deck do famoso The Ur-Dragon, o segundo melhor comandante com a habilidade de

Eminência

nessa coleção (spoiler: Falarei do primeiro mais abaixo), extremamente absurdo já pelo fato de eminência ser uma habilidade extremamente

quebrada

, onde ela funciona mesmo com o comandante na Zona de Comando. O fato de reduzir em uma mana genérica os custos dos dragões torna a sinergia ainda mais poderosa.
Loading icon
Em geral, as criaturas do tipo dragão têm um custo elevado, e a redução torna o deck um dos mais fortes tribais da época. Não á toa o vencedor do último torneio Tribal Wars (organizado pelo querido vampirão Markovis) foi vencido pelo tribal de dragões do The Ur-Dragon — e não é só isso, a habilidade dele quando ataca o deixa ainda mais forte. Outro fator é contar com as 5 cores, onde você tem

tudo que precisa

. Principalmente os ramps do verde, as compras do azul e remoções no preto, fazem do deck uma espécie de caixa de ferramentas para você melhorar a lista. Isso tudo sem perder a identidade da tribo dos dragões — e concordamos que ter um grupo grande de dragões coloca medo em qualquer jogador no mesão. Com a adição de

Commander Legends: Battle for Baldur's Gate

e a quantidade absurda de novos dragões, esse Precon ganha mais força ainda. Tiro um ponto de Upgrades pelo fato de que, para você ter uma base de mana consistente num deck 5 cores, você tem que investir um pouco mais — ou se contentar com muitos terrenos entrando em campo de batalha virados. - Comandante Forte ☆ ☆ ☆ ☆ - Sinergia ☆ ☆ ☆ ☆ - Staples ☆ ☆ - Upgrades ☆ ☆ ☆

7) Commander 2014 - Built From Scratch

Loading icon
Um dos mais divertidos de jogar na época em que foi lançado. O famoso Planeswalker

Daleste

Daretti, Scrap Savant. Aqui foi a coleção onde, pela primeira vez, fomos introduzidos a cartas que poderiam ser o Comandante — mas não eram criaturas lendárias e, sim, Planeswalkers. Foi surpreendente a força desses decks.
Loading icon
A lista fugia do estereótipo do

Mono Red

como Krenko, Mob Boss ou Burn propriamente dito, sendo focado em reanimar artefatos. A ideia era usar a primeira habilidade do Daretti, Scrap Savant com frequência para descartar artefatos de custo alto, e burlar ter que pagar o custo de mana, muitas vezes bem alto.

Ad

Loading icon
Criaturas-artefato que já estavam no deck, como Bosh, Iron Golem, Myr Battlesphere e o maravilhoso Wurmcoil Engine eram cartas que já vinham trazendo uma consistência absurda, e você podia fazer isso já com a segunda habilidade do Daretti, Scrap Savant, pois há artefatos como Mycosynth Wellspring que tem efeitos quando entra em jogo e quando vai pro cemitério — então sacrificar um artefato normalmente era duplamente vantajoso. E se você conseguisse emblemar ele, aí então era praticamente GG. Um detalhe é que você poderia fazer isso mesmo perdendo o Daretti, Scrap Savant, pois ele era seu comandante, então no próximo turno provavelmente você já conseguiria trazê-lo de volta. As principais Staples eram Wurmcoil Engine, Faithless Looting, Blasphemous Act e Mind Stone. Eu já vi listas muito interessantes com várias atualizações, ainda mais com a adição do deck Lorehold em Strixhaven que trouxe várias ferramentas novas, inclusive criaturas maiores como Triplicate Titan, que é como se fosse um super Wurmcoil Engine. Recentemente a Wizards tem lançado muitas cartas no vermelho que fazem fichas de artefato, como ficha de tesouro, comida, pista e sangue — que podem ser utilizadas como sacrifício para a segunda habilidade do Daretti, Scrap Savant Resumindo: Atualizar este precon é bem fácil, e o fato de ser Mono Red também facilita na hora de fazer uma base de mana consistente.
Loading icon
- Comandante Forte ☆ ☆ ☆ - Sinergia ☆ ☆ ☆ - Staples ☆ ☆ ☆ - Upgrades ☆ ☆ ☆ ☆

6) Commander 2016 - Invent Superiority

Loading icon
Deck que já joguei muito contra e tenho um apreço enorme — da nossa amiga Breya, Etherium Shaper. A primeira vez que fomos introduzidos aos comandantes de 4 cores, e foram 5 decks com cada um “faltando” uma cor — e no caso da Breya, é sem o verde. Afinal, quando falamos de artefatos, o verde não é muito fã — inclusive, as melhores remoções de artefato são verdes.
Loading icon
Esse deck trouxe novas perspectivas para o arquétipo anterior, inclusive vinha entre as 99 cartas do precon do Daretti, Scrap Savant. Então ele traz muito das mesmas forças que Daretti trazia, mas dessa vez em uma montagem mais focada em utilizar os sacrifícios a seu favor, justamente por causa das habilidades da Breya, Etherium Shaper.

Invent Superiority

também ganhou muita força recentemente com Strixhaven e o deck Lorehold, que trouxe várias novas cartas para dar mais sinergia. Uma das mecânicas bastante explorada nesses Commanders foi

Partner

. Todos tinham alguma variação das cores na hora de montar, e no caso da Breya, Etherium Shaper eram Akiri, Line-Slinger, Silas Renn, Seeker Adept ou Bruse Tarl, Boorish Herder. Algumas Staples são Thopter Foundry, Nevinyrral’s Disk, Skullclamp, entre outros.
Loading icon

Ad

Essa estratégia cheira a combo, só de ter Thopter Foundry você já pensa em Sword of the Meek, Thopter Assembly, Time Sieve, ainda com a segurança do azul para ter anulações, a vantagem do preto com remoções e o branco para ter proteção Enfim, o deck é muito voltado ao combo, em muitos momentos sem nem esperar. Na maioria das vezes não depende da comandante, mas ela é muito boa no campo, e é um precon que ganhou essa posição justamente pelas atualizações fortes. - Comandante Forte ☆ ☆ ☆ ☆ - Sinergia ☆ ☆ ☆ - Staples ☆ ☆ ☆ - Upgrades ☆ ☆ ☆ ☆

5) Commander 2015 – Plunder the Graves

Loading icon
Agora falaremos de um arquétipo que me agrada muito no Commander:

Reanimator

, que consiste em trazer de volta criaturas com um poder muito grande, sem ter que realmente pagar o custo delas, afinal é para trazer de volta do cemitério pro campo. Nisso, Meren of Clan Nel Toth é extremamente eficiente.
Loading icon
A lista roda muito em torno da habilidade da própria comandante, então a ideia é muito focada em criaturas que tenham uma habilidade quando entram no campo de batalha, ao mesmo tempo que tenha como tirar criaturas da sua mesa, para trazer de novo, e assim repetindo o processo.
Loading icon
Um bom exemplo disso é o Shriekmaw que, pelo custo de

Evoke

, você tem que sacrificá-lo enquanto ele mata uma criatura do oponente, então você leva vantagem nas duas coisas tendo a Meren of Clan Nel Toth em campo, ainda podendo reanimá-lo eventualmente, ou simplesmente voltando do cemitério para a mão. Cartas como Sakura-Tribe Elder e Viridian Emissary te dão aquele

ramp

necessário e ainda funcionam como sacrifício para as muitas habilidades, e se reanimados são muito fortes. Mas é aí que entram os problemas da Meren of Clan Nel Toth. A estratégia é muito dependente da comandante para ter a maior vantagem, e qualquer carta que lide bem com cemitério também acaba causando muitos problemas para o deck. Compensando isso, estamos nas cores Golgari, o que dá vantagem de remoção e descarte no preto. No fim, o deck se mostrou muito resiliente em várias construções, e namora muito com vários

combos

dentro dessas cores. Todo e qualquer carta que faça você sacrificar prejudicando seus oponentes é muito bem-vinda, além de Fleshbag Marauder, Spore Frog, entre outras que se sacrificam pela equipe, assim como cartas que funcionam como motor de sacrifício como Ashnod's Altar. Este é um precon de fácil atualização, ainda mais com a quantidade de cartas lançadas em Strixhaven na escola Muchaflor, que também explora muito desse arquétipo.
Loading icon
- Comandante Forte ☆ ☆ ☆ ☆ - Sinergia ☆ ☆ ☆ - Staples ☆ ☆ ☆ - Upgrades ☆ ☆ ☆ ☆

4) Strixhaven – Prismari Performance

Loading icon
Zaffai, Thunder Conductor, apesar de ser um pré-construído relativamente bem comum, se levemente reforçado no próprio pré-construído, já traz muita mais força no que ele pode a vir se tornar. Justamente por isso Zaffai ganhou essa posição de destaque. Não que o precon seja ruim recém-aberto — ele é relativamente forte, e tem as suas forças no começo, meio e fim de jogo, mas pode ser extremamente mais forte com poucas atualizações.

Ad

Loading icon
As Staples aqui são principalmente Dualcaster Mage, criatura que te traz uma vantagem enorme justamente por causa da habilidade de Magecraft encontrada nas criaturas, e Talrand, Sky Summoner. Mágicas como Brainstorm, Faithless looting, Mind’s Desire, Dig Through Time, Treasure Cruise, Blasphemous Act, e artefatos como Pyromancer's Goggles são cartas que dão muita vantagem nesse deck, principalmente com Zaffai, Thunder Conductor em campo.
Loading icon
Como mencionei acima, o que brilha aqui são as atualizações — você investindo relativamente pouco, financeiramente falando, consegue deixar esse deck simplesmente absurdo. Dentro dessa ideia de cópias de mágicas, se você tropeçar, comba. Esse tipo de estratégia é o que chamamos de

Spellslinger

, ou seja, que joga muitas magias e tira muito proveito disso. Os principais combos rodam com cartas com a habilidade de

Storm

, como Grapeshot ou Mind’s Desire, e uma das principais cartas para você ter combo é com a famosa Caixa-D’água: Aetherflux Reservoir. - Comandante Forte ☆ ☆ ☆ ☆ - Sinergia ☆ ☆ ☆ - Staples ☆ ☆ ☆ - Upgrades ☆ ☆ ☆ ☆ ☆

3) Dungeons & Dragons – Planar Portal

Loading icon
Chegamos à nossa medalha de Bronze, nosso Tiefling favorito: Prosper, Tome-Bound. Deck com uma sinergia absurda, principalmente em relação às cartas jogadas do exílio, e o próprio comandante faz isso com muita maestria. Pelo fato dele gerar tesouros proporciona ramps em uma combinação muito peculiar, e fora que, por si só, o precon recém-tirado da caixa já tem bastante formas de rampar através dos artefatos que geram mana.
Loading icon
Olhando para essa lista, observamos o quanto a Wizards tem se preocupado em criar precons estáveis — nem tão fortes, mas também não tão fracos. Eu particularmente amei esse deck, foi o meu primeiro comandante

Rakdos

e tenho a dizer que existem cartas aqui que o deixam muito forte. Em todos os jogos que realizei com os outros saídos da caixa, em dois deles perdi por jogadas erradas minhas, pois o deck me deu todas as armas que eu precisava para ganhar, mas por nervosismo e/ou inexperiência com a lista, não observei no momento certo e deixei passar. Há uma certa dependência em ter o comandante na mesa, mas o fato dele ter

Deathtouch

dá-lhe um benefício de segurar alguns problemas, e por ter um custo de mana relativamente baixo + os ramps dos tesouros, acaba se tornando bastante eficiente. Algumas Staples que foram lançadas com esse deck: Grim Hireling e Chaos Wand.
Loading icon
As atualizações são relativamente tranquilas. Com os efeitos de tesouro e criação de fichas, é fácil adicionar combos à lista, inclusive com criaturas que causam dano quando um artefato entra no campo de batalha, como Reckless Fireweaver ou quando artefatos são colocados no grave, como Marionette Master (que inclusive está no deck). Efeitos que você conjura do exílio, como suspend, foretell, cascade e aventuras também te dão muitas vantagens. Uma carta bem comum de ver aqui é o Dream Devourer, que faz as suas cartas terem

foretell

.

Ad

O maior problema que acabei observando nesse precon foi o fato de ele ter sido lançado no meio da pandemia, enquanto ainda estávamos jogando via

spelltable

, então você jogar com as cartas dos outros te dava alguns problemas para controlar. Mas isso é completamente contornável com volta dos eventos presenciais e esse deck vai brilhar. Inclusive já vi algumas listas bem fortes, com várias atualizações, no

cEDH

. Por isso ele alcançou esse patamar em nosso top 10. - Comandante Forte ☆ ☆ ☆ ☆ - Sinergia ☆ ☆ ☆ ☆ - Staples ☆ ☆ ☆ - Upgrades ☆ ☆ ☆ ☆

2) Commander 2017 - Vampiric Bloodlust

Loading icon
Chegamos ao meu deck favorito de Commander 2017, do nosso querido e amado vampiro Edgar Markov. Na minha opinião, o melhor tribal que existe no Magic.
Loading icon
Com a habilidade

Eminência

, extremamente

quebrada

, o Edgar Markov não fica atrás, já que não precisa estar na mesa para gerar vantagem contra os oponentes. Na época do lançamento todos olhavam com desconfiança, e com razão, para esse deck, que se provou extremamente forte — ainda mais trazendo muitas cartas de vampiros que roubavam vida, tiravam recursos e muito mais. Dentro das cores

Mardu

, que te dá a proteção do branco, remoções e criaturas fortes no preto e vermelho, o deck só gera vantagens. Cada vampiro que você faz, também te gera um vampiro a mais no campo — isso com Captivating Vampire (que está na lista). Mesmo depois daquela remoção em massa, no turno seguinte já estava com 4, 6, 8 ou 10 criaturas na mesa de forma muito rápida, gerando valor. Se colocasse o próprio Edgar Markov em campo, você com certeza já teria muitos vampiros e colocaria muita pressão na mesa, aumentando suas criaturas.
Loading icon

Vampiric Bloodlust

brilhou na época muito pelas Staples de Commander que vinham, como Teferi’s Protection, Swords to Plowshares, Mortify, Return to Dust, Merciless Eviction, Skullclamp, Black Market, Sanguine Bond e o próprio Edgar Markov, que foi uma carta que teve valor elevado por muito tempo. As atualizações são bem óbvias: todo e qualquer vampiro dentro das core. Temos vários exemplos desses caras em todas as vezes que visitamos

Innistrad

. Olivia Voldaren é só absurdo nesse deck. Também temos exemplos de vampiros brancos lá em

Ixalan

.
Loading icon
Vampiros são uma tribo relativamente recorrente na história do Magic, então opções não faltarão. Esse deck flerta muito com combos relacionados a Sanguine Bond, Exquisite Blood, Vito, Thorn of the Dusk Rose, entre outras cartas que exploram a sua vida e a dos oponentes. - Comandante Forte ☆ ☆ ☆ ☆ ☆ - Sinergia ☆ ☆ ☆ ☆ ☆ - Staples ☆ ☆ ☆ ☆ - Upgrades ☆ ☆ ☆ ☆

1) Commander 2016 - Breed Lethality

Loading icon
Chegamos finalmente, ao campeão desse Top 10 e campeão no meu coração. Quem me conhece sabe, que sou suspeito pra falar sobre a linda, maravilhosa Atraxa, Praetors' Voice. Como mencionei antes, ela veio na coleção em 2016 com os decks de 4 cores, onde

faltava

uma cor. No caso dela, sem o vermelho.

Ad

Loading icon
Só de observar a Atraxa, Praetors' Voice, você já percebe que ela é forte. Com

Voar, Vigilância, Lifelink e Deathtouch

, e no final do turno ainda

Prolifera

; na gíria popular dos Comandeiros, ela lava, passa, cozinha, faz café e ainda dá beijinho de boa noite. Só ela por si só já é uma comandante extremamente forte, e pelas habilidades e construções do precon, pode ser a comandante de praticamente qualquer estratégia que trabalhe com marcadores em permanentes e/ou jogadores. O precon é bastante baseado em marcadores +1/+1, o que é comum em decks baseados na Atraxa. Assim como o deck da Breya, Etherium Shaper, esse traz algumas criaturas com a habilidade de

Partner

, como Reyhan, Last of the Abzan, Ishai, Ojutai Dragonspeaker, Ikra Shidiqi, the Usurper, além das mágicas Mortify, Putrefy, Languish, Merciless Eviction, Treasure Cruise, que são cartas usadas em praticamente qualquer comandante dentro dessas cores. O deck se destaca muito pela sua versatilidade em cores, com verde para Ramp, branco para proteção, azul para anulas e compras e preto para remoções e descartes. Mas, ao mesmo tempo em que essa é a sua força, também é seu problema, já que depende muito de uma base de mana bem consistente de várias cores. Assim como o The Ur-Dragon, você não terá problemas se não se importar com alguns terrenos entrando em campo virados, mas mantendo a consistência e a resiliência, ainda mais com Atraxa, Praetors' Voice ajudando a te dar uma boa quantidade de vida. O jogo longo te beneficia e muito, principalmente quando você tem tempo para realizar suas jogadas. Como alguém que conhece bem esse deck e as estratégias evolvidas, inclusive me fazendo chegar às semifinais do

Commander 500

, a Atraxa, Praetors' Voice traz uma variedade de construções. As mais comuns são de marcadores +1/+1 e de

Planeswalkers

, pois você pode proliferar os marcadores de lealdade nos nossos Superamigos, fazendo com que os

Planeswalkers

gerem mais valor.
Loading icon
Quando construí minha versão da lista, foquei em Planeswalkers que colocam

Emblemas

, como Tamiyo, Field Researcher, Tamiyo, The Moon Sage, Teferi, Hero of Dominaria, Venser, the Sojourner entre outros. Uma das construções bastante comum que relativamente recente virou Tribal é a versão

Infect

, pois a própria Atraxa, Praetors' Voice, muitas criaturas com Infect e os Praetores ganharam o tipo

Phyrexiano

, o que deixou bem interessante para a construção. Outras possibilidades de estratégia são com marcadores em jogadores, como experiência, energia, ou marcadores em outras permanentes como artefatos e sagas. A versatilidade desse deck é o que faz com ela esteja aqui nessa posição. Té pode ser um pouco de clubismo por ser minha comandante favorita, mas todos tem que concordar que ela por si só é uma comandante extremamente poderosa e, se jogada por quem tem experiência, você ganha algumas vitórias em mesas improváveis.

Ad

- Comandante Forte ☆ ☆ ☆ ☆ ☆ - Sinergia ☆ ☆ ☆ ☆ ☆ - Staples ☆ ☆ ☆ ☆ ☆ - Upgrades ☆ ☆ ☆ ☆ ☆

Considerações Finais

Espero ter ajudado a entender um pouco mais desse formato que a cada dia tem ganhado novos adeptos, e como mencionei lá no início, a melhor forma de você começar é através dos Pré-Construídos! Espero que se divirta. Obrigado e até o próximo!
Profile Main Image

Professor Rakdos

Sou Jonatha Hirt, Professor, Criador de Conteúdo nerd, 35 Anos, Casado, Jogo Magic desde 2008, Apaixonado por Commander e em uma relação complicada com o Modern.

Social Youtube Brands iconInstagram Brands iconTwitter Brands iconWebsite Brands icon

Faça login e participe da conversa
User profile image

Seja o primeiro a comentar

Artigos mais lidos hoje

X
Hi