Profile Main Image

MTG

Budget Historic Brawl - Historic Decks Parte 3

Finalizando as opções de listas budgets para o evento do dia 10/04/2020 de FNM de BRAWL HISTÓRICO no MTG ARENA, vamos falar dos comandantes de cores inimigas para os deck Brawl.

Vamos começar com um que eu acho bem forte: [card](Slimefoot, the Stowaway). Ele é uma criatura que ira fazer cada oponente perder 1 ponto de vida enquanto nos concede 1 ponto de vida sempre que uma saprófita morrer. E ainda pode gerar saprófitas ao custo de quatro manas. Apesar do alto custo do Slimefoot para criar saprófitas, não precisamos usar a habilidade dele, afinal temos diversas opções para criar saprófitas sejam com magicas como [card](Saproling Migration), criaturas como [card](Yavimaya Sapherd) ou o encantamento [card](Fungal Plots). Ao gerar nosso pequeno exercito, não precisamos nem atacar, claro que se tivermos chance o jogo acaba mais rápido, mas podemos apenas ficar na defensiva apenas defendendo com nossas saprófitas que irão morrer ativando assim o efeito do comandante. Porém, caso o oponente também adote uma postura defensiva temos carta para sacrificar nossas saprófitas e gerar ainda mais valor como [card](Thallid Soothsayer) ou [card](Vicious Offering). E para acelerar ainda mais as coisas, temos outras criaturas que tem efeitos parecidos com o do Slimefoot, como [card](Poison-Tip Archer) além de cartas que geram valor de outra forma quando nossas criaturas morrem como [card](Moldervine Reclamation) ou [card](Pitiless Plunderer). Pra fechar podemos colocar alguns suportes como remoções tais como [card](Murder) e alguns ramp desde criaturas como [card](Llanowar Elves) até pedras de mana como [card](Golgari Locket). E pensando assim apresento essa opção de lista: [deck](38407) Caso tenha alguns coringas e queira melhorar o deck podemos acrescentar [card](Tendershoot Dryad) e [card](Verdant Force) para aumentar a criação de saprófitas. Também podemos acrescentar [card](Liliana, Dreadhorde General) e [card](Midnight Reaper) que além de criar valor quando nossas criaturas morrem serão bem utilizadas em outros decks. Temos opção para que gosta de rampar o jogo, ter muito mana a disposição para suas magicas mais parrudas ou simplesmente ativar varias habilidades, e para isso temos [card](Tatyova, Benthic Druid), uma criatura que ira nos fazer ganhar um ponto de vida e comprar uma carta sempre que um terreno entrar em campo sob nosso controle. E nada melhor pra combinar com ela do que cartas que buscam terrenos seja para a mão como [card](Open the Gates) ou colocam diretamente em campo como [card](Grow from the Ashes). Isso sem contar as cartas que nos fazem colocar terrenos da mão em campo como [card](Llanowar Scout). Conseguindo rampar bem e tendo bastante mana disponível, basta se preocupar com o tipo de estrategia do deck, e uma coisa que verde e azul fazem bem é trabalhar com marcadores +1/+1 e deixar nossas criaturas enormes. Para isso temos diversas opções seja colocando marcadores diretamente com cartas como [card](Shapers of Nature), seja com a habilidade de adaptar como em [card](Galloping Lizrog), além é claro da habilidade de proliferar. Além disso algumas criaturas dão habilidades extras para as criaturas com marcadores como [card](Skatewing Spy) ou fazem algo quando recebem marcadores como [card](Sharktocrab). Para completar a lista podemos colocar algumas anulações para nos dar proteção. [deck](38420) Para melhorar o deck temos cartas como a [card](Nissa, Who Shakes the World), que usa marcadores, terrenos e joga em praticamente qualquer deck verde. [card](Hydroid Krasis) é outra carta que acrescenta muito valor ao deck, e joga em quase todos os decks que possuem verde e azul, e principalmente geram muito mana. Caso escolha a opção de trabalhar com marcadores [card](Simic Ascendancy) é uma ótima condição de vitória para o deck. [card](Multani, Yavimaya's Avatar) também é uma ótima carta para quem consegue colocar muitos terrenos em campo. E [card](Mass Manipulation) que se conseguirmos rampar bem o jogo, podemos "roubar" as principais ameaças dos oponentes. Indo para uma pegada mais agressiva e tribal, temos [card](Adeliz, the Cinder Wind), uma criatura do tipo mago com voar e impeto que ira conceder +1/+1 até o final do turno para TODOS os magos que você controla sempre que jogar uma magica instantânea ou feitiço. A primeira ideia é encher o campo com magos, mas não apenas qualquer mago temos algumas opções que são bem uteis, tais como magos que ficam mais fortes quando jogarmos as instantâneas e feitiços como [card](Wee Dragonauts) que irão acumular seu bônus. Temos magos que irão atrasar o jogo do oponente como [card](Exclusion Mage). E até não magos como [card](Guttersnipe) e [card](Crackling Drake) que se aproveitam do monte de instantâneas e feitiços que iremos jogar. E para conseguir jogar diversas magicas para conseguirmos o bonus de Adeliz, uma ótima opção são cartas de compra, para manter nossa mão sempre abastecida. Seja comprando mais de uma carta como em [card](Chemister's Insight) ou fazendo algum efeito e concedendo a compra como em [card](Crash Through). Além da parte agressiva, podemos colocar um toque de controle seja com burns para remoção como [card](Wizard's Lightning) ou anulações para impedir as principais ameaçadas do oponentes como em [card](Wizard's Retort). E juntando tudo isso apresento a seguinte opção de lista: [deck](38422) Para melhorar o deck, uma das cartas que oriento é [card](Niv-Mizzet, Parun), além de mago que faz parte da tribo do deck, tem uma interação maravilhosa com a temática de instantâneas e feitiços, além de não poder ser anulado, sendo até uma condição de vitória alternativa. [card](Naru Meha, Master Wizard) e [card](Naban, Dean of Iteration) também são ótimas adições para o deck. Temos também [card](Primal Amulet) que concede um valor absurdo ao deck, da mesma forma que [card](The Mirari Conjecture) pode ser bem útil. E não podemos deixar de fora também [card](Search for Azcanta), que pode ajudar muito ainda mais se o jogo chegar ao late game. Uma jeito um pouco diferente de deck agressivo, mas bastante popular, é umas estrategia conhecida com Voltron, onde descemos uma criatura e colocamos diversas peças nela para deixa-la mais poderosa. E para essa estratégia temos [card](Tiana, Ship's Caretaker) uma criatura que no final do turno irá devolver todas as auras e equipamentos que forem colocadas no cemitério vindos do campo para a nossa mão. Para essa estratégia, usamos criaturas que tem afinidade com esse tipo de permanente como [card](Valduk, Keeper of the Flame) que forma um exercito temporário para cada aura e equipamento anexado a ele ou até [card](Danitha Capashen, Paragon) que é mais fácil de ser encantada/equipada e possui habilidades de combate uteis. Além das cartas que se beneficiam só por estarem equipadas, aconselho cartas que possuem alguma vantagem em combate como [card](Everdawn Champion) que não leva dano caso seja bloqueada ou criaturas como [card](Sky Terror) que possuem evasão. Para fortalecer essas criaturas temos auras e equipamentos que concedem habilidades que serão uteis no combate como [card](Jousting Lance) ou focando em aumentar significativamente o poder como [card](All That Glitters). É Sempre bom ter algumas remoções como [card](Fiery Intervention). E assim, com essa ideia temos uma lista como: [deck](38423) Para melhorar o deck, podemos melhorar primeiramente os equipamentos com [card](Embercleave), [card](Helm of the Host), [card](Sigiled Sword of Valeron), [card](Blackblade Reforged) entre outras opções. Além de colocar mais criaturas que ajudam nossas criaturas como [card](Tajic, Legion's Edge) ou [card](Aurelia, Exemplar of Justice). E fechando nosso lista, temos um deck bem diferente dos demais, focado em criaturas lendárias, e para isso temos [card](Arvad the Cursed) que além de ter as habilidades de toque mortífero e vinculo com a vida ainda concede +2/+2 para nossas outras criaturas lendárias. Já que as criaturas ficam mais fortes, acho bom usar criaturas boas em combate como [card](Danitha Capashen, Paragon) ou que tenham algum efeito como [card](Urgoros, the Empty One). Criaturas que dão suporte ao deck também são bem vindas como [card](Baird, Steward of Argive) ou [card](Whisper, Blood Liturgist). Cartas que se beneficiam de criaturas lendárias são bem vindas também como [card](Benalish Honor Guard). E lembrando que cartas lendárias são históricas, logo cartas como [card](Cabal Paladin) são bem uteis. Como o deck é bem bruto, podemos acrescentar equipamentos. E pra fechar a os suportes como remoções e pedras de mana. E assim, apresentou uma opção de lista: [deck](38424) Para melhorar o deck, temos ótimas opções de criaturas lendárias como [card](Aryel, Knight of Windgrace), ainda mais que o deck é bem focado em cavaleiros, assim como [card](Elenda, the Dusk Rose) e [card](Josu Vess, Lich Knight). Os dinossauros [card](Zetalpa, Primal Dawn) e [card](Tetzimoc, Primal Death) também são ótimas opções. E não podemos esquecer da [card](Weatherlight), que além de virar uma criatura lendária com voar ainda permite adicionar mais lendárias quando causa dano de combate. Pra fechar temos [card](Primevals' Glorious Rebirth) que permite devolver todas as permanentes lendárias do seu cemitério diretamente para o campo de batalha. Espero que tenham gostado e até a próxima.

Compartilhe:

Nota

0

Profile Main Image

MTG

On Budget

Social

User profile image
Profile Main Image

MTG

Budget Historic Brawl - Historic Decks Parte 2


E pra começar, vamos de [card](Raff Capashen, Ship's Mage), uma criatura lendária com voar e lampejo que concede lampejo as nossas mágicas históricas, no caso artefatos, cards lendários e sagas. Cartas históricas fáceis de usar são os artefatos, por isso enchemos o deck com criaturas artefatos que tem alguma utilidade quando entra em campo com [card](Skyscanner) ou simplesmente parrudas como [card](Pardic Wanderer). Também aproveitamos para colocar cartas que interagem com artefatos [card](Skilled Animator) ou com cards históricos como [card](Artificer's Assistant). Outro ponto interessante do deck, como concedemos lampejo a maioria das nossas cartas, podendo passar nosso turno com mana disponível, podemos aproveitar para deixar o deck bem control com anulas como e remoções como [card](Seal Away). E assim, tenho essa proposta de lista: [deck](37901) Caso tenha alguns coringas raros e míticos sobrando, podemos melhorar o deck com cartas que interagem com artefatos como [card](Sai, Master Thopterist) e [card](Tezzeret, Cruel Machinist). Também podemos colocar cartas que interagem com cartas históricas como [card](Teshar, Ancestor's Apostle) e [card](Traxos, Scourge of Kroog). Outras cartas lendárias também são bem vidas no deck como [card](Azor, the Lawbringer), [card](Nezahal, Primal Tide), [card](Lyra Dawnbringer) entre outras Outra opção interessante é [card](Rona, Disciple of Gix) , por um lado podemos ficar exilando cartas com ela e enquanto ela estiver em campo podemos jogar as cartas que não sejam terrenos exiladas por ela, nos dando assim um leque de possibilidades. Entretanto, a desvantagem é que se Rona deixar o campo todas as cartas que nos exilamos com ela serão perdidas. Um dos jeitos de impedir que isso aconteça são com cartas que impedem que ela seja destruída como [card](Unlikely Aid). Outra opção seria tentar manter o controle do jogo, usando anulações como [card](Sinister Sabotage) para impedir que o oponente destrua Rona, ou tenha alguma outra vantagem no jogo. Além das anulações, ainda podemos usar descartes como [card](Thought Erasure) para diminuir os recursos do oponente e remoções como [card](Murder) para dar conta das ameaças. Se tudo correr como esperamos, temos cartas como [card](Davriel, Rogue Shadowmage) que vão se beneficiar da falta de cartas na mão do oponente para finalizar o jogo. E com essa combinação de cartas podemos fazer uma lista mais ou menos como esta: [deck](38368) Para melhorar o deck, podemos usar cartas que nos ajudarão a manter o controle e ao mesmo tempo nos dar mais recursos como [card](Thief of Sanity) e [card](Hostage Taker). Cartas que nos ajudam a encontrar os nossos recursos também são bem vindas como [card](Search for Azcanta). Uma estratégia bem interessante também é o de devolver criaturas do cemitério para reutiliza-las. E para essa estratégia temos a comandante [card](Garna, the Bloodflame), uma criatura com lampejo que ao entrar em campo devolve todas as nossas criaturas que foram colocadas no cemitério vindas de qualquer lugar neste turno. Além da comandante, temos outros meios de devolver cartas do cemitério como [card](Whisper, Blood Liturgist) e [card](Kaya's Ghostform) Como as criaturas) vão ficar voltando do cemitério, nada melhor do que criatura como [card](Ravenous Chupacabra) que fazem algo ao entrar em campo. Podemos usar também cartas que se sacrificam como [card](Fanatical Firebrand) ou que sacrificam outras criaturas como [card](Bloodsoaked Altar). Além de cartas que se aproveitam quando uma cata/criatura vai pro cemitério como [card](Syr Konrad, the Grim) ou é sacrificada. Nessa ideia temos uma lista mais ou menos assim: [deck](38359) Uma carta bem interessante que ajuda a melhorar o deck é [card](The Cauldron of Eternity), porém ele combina mais com nossas cartas que nos fazem descartar e diminui o poder das que fazem sacrificar. Falando em descartar, podemos acrescentar também [card](Tomb Robber) que pode gerar um valor absurdo neste deck. [card](Tetzimoc, Primal Death) pode ser uma arma letal e um ótima remoção em massa. Para o late game, temos [card](Josu Vess, Lich Knight) que tendo mana para pagar seu custo de reforçar pode criar um exercito imenso. Para quem gosta de deck mais focado na base da porrada, temos [card](Hallar, the Firefletcher), uma criatura lendária com atropelar que que fica maior sempre que jogamos magicas com reforçar, além de no momento que fica maior ainda causa dano a cada oponente. Um dos focos do deck é abusar de magicas com reforças, e muitas delas, assim como [card](Untamed Kavu) são criaturas que entram em campo com marcadores se forem reforçadas. Ainda falando em marcadores, temos outros meios de colocar marcadores nas nossas criaturas, sejam com criaturas em si como [card](Grumgully, the Generous) ou magicas como [card](Wild Onslaught). Para conseguir arcar com o custo das magicas mais o custo de reforçar, o deck precisa gerar bastante mana, seja com criaturas como [card](Elfhame Druid), buscando mais terrenos como em [card](Grow from the Ashes) ou pedras de mana como [card](Gruul Locket). Como o comandante, além de algumas outras criaturas, podem ficar enormes, temos cartas como [card](Thud) que a sacrificam para causar grande dano direto no oponente e finalizar o jogo. E com esses pensamentos que apresento a lista: [deck](38348) Para melhorar o deck temos diversas criaturas boas como [card](Verix Bladewing) e [card](Territorial Allosaurus). Também podemos aproveitar que o deck gerá bastante mana para acrescentar carta como [card](Banefire) ou até [card](Jaya's Immolating Inferno). E para quem gosta de um deck totalmente focado em criaturas temos [card](Shanna, Sisay's Legacy). Como ela recebe +1/+1 para cada criatura que controlamos, contando com ela, quando mais criaturas tivermos em campo melhor. Além das criaturas que o deck tem em si, uma ótima opção são cartas que geram fichas, seja uma unica carta que gera mais de uma ficha ao ser jogada como [card](Sworn Companions) ou uma permanente que permite criar fichas como [card](Ironroot Warlord). Já que o deck cria facilmente um exercito, carta que aumentam o poder de nossas criaturas também são bem vindo, podendo ser um pouco em todas com cartas como [card](Oakhame Ranger // Bring Back) ou aumentar muito em apenas uma como [card](Might of the Masses). Além da comandante, o deck conta com outras criaturas com alto poder, o que tira grande valor de [card](Colossal Majesty). Outro ponto, é ter mana suficiente para conseguir encher o campo, então contamos com diversas criaturas para ajudar a gerar mana. E com essa essa ideia apresento uma ideia de lista: [deck](37904) Caso queira melhorar o deck, umas das primeiras opções, e que pode ser usada em outros decks de fichas, é [card](Divine Visitation) que fara que qualquer ficha que criarmos se torna um anjo 4/4 com voar e vigilância. Para ajudar na criação de nosso exercito temos [card](Castle Ardenvale) um terreno que cria fichas de humanos 1/1 e no histórico ainda ganhamos [card](Legion's Landing) um encantamento que entra criando uma ficha, e facilmente se torna o terreno Adanto, the First Fort que cria fichas 1/1 com vinculo com a vida. E para aumentar o poder de nosso exercito temos cartas como [card](Trostani Discordant) e [card](Benalish Marshal). Outra ótima adição seria [card](Shalai, Voice of Plenty) que além de conceder resistência a magia para seu controlador e todas as suas outras criaturas, ainda pode ser usada para colocar marcadores em todas as criaturas que controlamos. E como o deck é focado em criaturas, [card](Beast Whisperer) gera um valor absurdo no deck. Espero que tenham gostado, e até a próxima.

Compartilhe:

Profile Main Image

MTG

On Budget

Social