Os Arquétipos do cEDH #05 - Hatebears

Magic: the Gathering

Multiplayer

Os Arquétipos do cEDH #05 - Hatebears

Hoje vamos discorrer um pouco sobre os Hatebears em cEDH

Por Thiago, 03/06/20

Este artigo pertence à série Os arquétipos mais populares do cEDH:

1. Os arquétipos do cEDH #01 - Food Chain

2. Os arquétipos do cEDH #02 - Demonic Consultation

3. Os Arquétipos do cEDH #03 - Underworld Storm

4. Os Arquétipos do cEDH #04 - Aetherflux Storm

5. Os Arquétipos do cEDH #05 - Hatebears

6. Os Arquétipos do cEDH #06 - Thieves & Wheels

7. Os Arquétipos do cEDH #07 - Taking Turns

8. Os Arquétipos do cEDH #08 - Extra Combats

9. Os Arquétipos do cEDH #09 - Birthing Pod Lines

10. Os Arquétipos do cEDH #10 - Curiosity

11. Os Arquétipos do cEDH #11 - Mana Infinita, e Agora?

Olá, meus queridos! Tudo bem com vocês? Meu nome é Fogaça e estou aqui para falar sobre Commander. Nas últimas semanas, trouxe para vocês explicações sobre os principais combos do cEDH, de uma forma que pudéssemos entendê-los e saber o porquê de serem populares no formato. Hoje, porém, vamos para a direção contrária, de forma a compreendermos os motivos que levam alguns a simplesmente hatear esses combos e como sinergizar esse tipo de estratégia para gerarmos valor: hoje vamos discorrer um pouco sobre os Hatebears.

Ad

Image content of the Website

O COMBO

Já que hoje não estamos falando sobre um combo em si, vou usar essa sessão para explicar o que significa Hatebear e qual sua função no meta do Commander Competitivo. Hatebear vem da ideia de termos uma criatura com um efeito que denigre o jogo dos oponentes, de forma a possuir uma habilidade (comumente estática) que limite certos tipos de jogadas e torne o field mais lento; sua função principal é retirar o valor do deck dos oponentes, agredindo pontos chave da estratégia os quais não são relevantes para seu jogo. Exemplificando para uma melhor compreensão, se a ideia do deck do oponente exige muitos tutores ou muitos efeitos de search (Yisan, por exemplo), a simples presença de um

Aven Mindcensor

torna procurar peças no grimório uma árdua missão, assim como

Containment Priest

pode agredir decks baseados em reanimate (ao exemplo de Kroxa) ou

Linvala, Keeper of Silence

, pode fazer a vida de qualquer jogador de Thrasios miserável. A partir dessas informações, vocês podem pensar: mas afinal, por que eu gostaria de atrapalhar a vida de meus oponentes ao invés de focar no meu plano de jogo? Esta é uma boa pergunta, a qual pode ser respondida em nossa próxima sessão.

COMANDANTES

Alguns comandantes não contam necessariamente com uma pool favorável para controlar a mesa com anulações ou efeitos de destruição significativos, de forma a preferirem usar criaturas para estabelecer esse controle. Além disso, há vantagens em se ter criaturas na mesa, ainda mais quando elas podem ter efeitos que, em teoria, não são simétricos (ou seja, não te afetam ou o afetam menos do que afetam seus oponentes). Pensando nisso, separei os decks a seguir para entendermos algumas aplicações das nossas criaturas do ódio.
Image content of the Website
Image content of the Website
Se for para falar de Hatebears, nosso melhor exemplo é o deck conhecido como Blood Pod. Com

Tymna the Weaver

e

Tana, the Bloodsower

ocupando a zona de comando, nossa ideia é compensar a falta do azul com criaturas as quais podem segurar o jogo de modo a evitar que combos mais rápidos consigam atingir seu objetivo antes que nossas linhas de Birthing Pod se concretizem. Nessa build, também vemos uma das principais aplicações dos Hatebears em parceria com Tymna, onde agredir nossos oponentes todo turno nos gera card advantage, permitindo que desenvolvamos nosso jogo com fluidez.
Image content of the Website
Image content of the Website
Mesmo que ainda não seja o momento de falar sobre as builds de Thives & Wheels, nossa dupla do Opus Thief tem de ser citada. Nossos queridos ladrões, ao exemplo de

Notion Thief

e

Alms Collector

, também são considerados Hatebears, de forma a agredirem estratégias baseadas em gerar um grande card advantage e possuírem sinergia, assim como no exemplo anterior, com Tymna.
Image content of the Website
Por fim, o que dizer sobre nosso Contador de Contos? Mesmo tendo acesso ao azul, o comandante grita pela utilização de criaturas, sendo assim, podemos somar este fato a uma estratégia mais lenta, característica de

Chulane, Teller of Tails

, para concluir que o valor de várias criaturas que atrapalhem o jogo alheio será multiplicado nessa build.

Ad

VARIAÇÕES Mesmo que pareça em primeira instância que este é um arquétipo fechado, a utilização de Hatebears não é excluisiva para decks mais lentos. Não devemos nos limitar a rótulos de forma a deixar cartas de alto valor de lado para seguir um "plano padrão". No meta atual do cEDH, não pensar em agredir seus oponentes, ao menos para mim, parece suicídio. Se seu deck é explosivo e combocêntrico, lógicamente o número de criaturas alheias à sua estratégia será menor, mas, em contrapartida, não imagino um deck com branco o qual não se beneficie de usar o já citado

Aven Mindcensor

, por exemplo. CARTAS NOTÁVEIS Para hoje, decidi deixar uma lista com criaturas notáveis para as mais diversas estratégias. Espero que possam aproveitá-las do melhor jeito possível.
Image content of the Website
Image content of the Website
Image content of the Website
Image content of the Website
Image content of the Website
Image content of the Website
Image content of the Website
Image content of the Website
Image content of the Website
Image content of the Website
Image content of the Website
Image content of the Website

ALTERNATIVAS BUDGET

Normalmente, Hatebears não são cartas com um alto valor monetário, mesmo que joguem junto a comandantes de valores mais expansivos. Para quem gostou da ideia de usar criaturas para importunar os oponentes e não quer gastar muito, sugiro combiná-las com algum general de baixo custo que possa proporcionar uma boa build stax, assim como Chulane.

CONCLUSÃO

Para hoje, a ideia era apresentar o "arquétipo", de modo que possamos trabalhar com as possibilidades que nossos ursinhos nos geram em um momento futuro. Podemos, pois, concluir que, em um meta onde o valor é indispensável para um deck, existem opções de criaturas que agregam para nossa estratégia e, ao mesmo tempo, atrasam nossos adversários. Por hoje ficamos por aqui. Peço que deixem seu feedback para que possamos melhorar sempre. A série tem como objetivo abordar apenas uma parte de toda uma esfera que abrange um formato de extrema diversidade, sendo assim, convido vocês para se inscreverem em meu canal no YouTube, onde falo mais sobre Commander, não só competitivo, mas também em outras variedades, bem como falo sobre outros formatos. Até a próxima, meus queridos!
Próximo artigo nesta série Arrow right Solid icon

Nota

0

edh commander
Profile Main Image

Thiago

Jogador de Magic desde Tarkir, sou apaixonado por interações e sinergias que quebram a curva do jogo. Para mim, o cEDH é o teste máximo para o jogador de Magic, tanto para deck build, quanto para gameplay. Para me acompanhar no YouTube, acessem meu canal.

Social Youtube Brands icon

User profile image
More comment
Wizards anuncia fim da Pro League e jogadores profissionais se manifestam

Wizards anuncia fim da Pro League e jogadores profissionais se manifestam

Começando no Commander:  Bruna, Luz do Bando Alabastro como deck de entrada

Começando no Commander: Bruna, Luz do Bando Alabastro como deck de entrada

Deck tech: Grixis Affinity pauper

Deck tech: Grixis Affinity pauper

Mais artigos recentes

Mesmo autor

Os Arquétipos do cEDH #11 - Mana Infinita, e Agora?

Os Arquétipos do cEDH #11 - Mana Infinita, e Agora?

Os Arquétipos do cEDH #10 - Curiosity

Os Arquétipos do cEDH #10 - Curiosity

Os Arquétipos do cEDH #09 - Birthing Pod Lines

Os Arquétipos do cEDH #09 - Birthing Pod Lines

Mais do mesmo autor

Sua privacidade

Usamos cookies para garantir a funcionalidade do nosso site, para personalizar o conteúdo e publicidade, para fornecer recursos de mídia social e para analisar o nosso tráfego. Saiba mais sobre cookies lendo nossa Política de privacidade